iacess

ergometrica

Ortopedia Moderna

Liftech

mobilitec
Stannah Mobilidade S.A

Autopedico

Invacare

Ortopedia Real

TotalMobility
myservice

Tecnomobile

Liftech

Multihortos

Drive Mobility

Últimas Mensagens

Páginas: 1 [2] 3 4 ... 10
11
I Congresso Internacional "Ciência e Tiflologia - A Cegueira em Contexto Científico"
Atualizado: 09/06/2021



A Fundação Nossa Senhora da Esperança, em colaboração com o Centro Português de Tiflologia (CPTEI) e o CICANT da Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias (ULHT), organiza nos próximos dias 15, 16 e 17 de junho o I Congresso Internacional "Ciência e Tiflologia - A Cegueira em Contexto Científico”, em streaming.

Esta iniciativa propõe-se elencar e compendiar, fundamentadamente, o que de mais relevante, sob o ponto de vista pedagógico, educomunicacional e cultural, investigacional e do desenvolvimento, no plano científico e tecnológico, já se efetuou, o que está em curso e em perspetiva no mundo, por intermédio da apresentação de conferências e comunicações alusivas, durante dois dias, e publicando a seguir, num grande livro de atas esses conteúdos, devidamente enriquecidos com os contributos aferidos e colhidos nos debates.

Consulte AQUI toda a informação. https://www.tiflologia.pt/icongressointernacional
A Inscrição é gratuita.  https://www.tiflologia.pt/inscricaoicongressointernacional

Fonte: inr.pt      Link: https://www.inr.pt/noticias-eventos/-/journal_content/56/11309/548279
12
Plano de Reforço de Prevenção e Combate à Violência Doméstica- Campanha #EuSobrevivi
Atualizado: 09/06/2021




A partir de hoje, é lançado um novo plano de reforço de prevenção e combate à Violência doméstica que passa, igualmente, pelo relançamento da campanha #EuSobrevivi.

No ano transato, a Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género (CIG) lançou a campanha nacional #EuSobrevivi, com o objetivo de reforçar a vigilância contra a violência doméstica e o impacto negativo que a pandemia COVID-19 trouxe para quem é vítima deste crime.

Um “Portugal Mais Igual” é o lema que está implícito na "Estratégia Nacional para a Igualdade e a Não Discriminação 2018-2030". O Plano de Ação para a Prevenção e o Combate à Violência Contra as Mulheres e a Violência Doméstica é um desses vetores de ação.

A atual situação sanitária ainda está longe de estar controlada. Face aos desafios impostos pela pandemia COVID-19 e também pelo facto de estarmos a entrar num período de férias escolares e laborais, é fundamental, mais do que nunca, ampliar e amplificar os mecanismos de apoio às vítimas de violência doméstica.

A Rede Nacional de Apoio a Vítimas de Violência Doméstica está a funcionar. Se precisar de ajuda ou tiver conhecimento de alguma situação de violência doméstica, envie uma mensagem para SMS 3060 ou ligue 800 202 148. É uma linha gratuita, funciona 7 dias por semana, 24 horas por dia.

A violência doméstica é crime público e denunciar é uma responsabilidade coletiva.

Mais informação e materiais de divulgação no site da CIG - Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género.

Fonte: inr.pt    Link: https://www.inr.pt/noticias-eventos/-/journal_content/56/11309/547701
13
Call for papers - Webinar Acessibilidade física aos locais de voto
Atualizado: 11/06/2021



O Instituto Nacional para a Reabilitação, I.P., a Associação Nacional de Municípios Portugueses e a Comissão Nacional de Eleições, têm intenção de realizar um webinar no próximo dia 29 de junho de 2021, pelas 16h, onde se pretende discutir a acessibilidade física aos locais de voto.

Atendendo a que a escolha destes locais cabe aos Presidentes de cada Câmara Municipal, muito gostaríamos de contar com a vossa colaboração no sentido de nos serem indicadas as boas práticas e/ou dificuldades existentes nos Municípios relativamente a esta temática.

Os interessados em partilhar a sua experiência deverão enviar email para INR-geral@inr.mtsss.pt até ao próximo dia 21 de junho, indicando o palestrante e a boa prática que gostaria de referenciar.

O direito a votar é um direito de todos os cidadãos e cabe-nos a todos pugnar para que este seja possível sem qualquer restrição.

Contamos consigo!

Fonte: inr.pt     Link: https://www.inr.pt/noticias-eventos/-/journal_content/56/11309/548439
14
Portugal obtém mais três medalhas no Mundial de atletismo para deficientes intelectuais

Redação com Lusa
10 Junho 2021 às 18:32



Lenine Cunha venceu o heptatlo (medalha de ouro), com 2.960 pontos
Fotografia: Ivan del Val/Global Imagens


Ao segundo dia da competição internacional, na Polónia, o país conquistou soma medalhas e mantém a liderança coletiva em masculinos, agora com 45 pontos, à frente de França e Itália

Portugal arrecadou, esta quinta-feira, mais três medalhas nos Campeonatos do Mundo de atletismo para deficiência intelectual, que decorrem em Bydgoszcz, na Polónia, destacando-se o ouro de Lenine Cunha no heptatlo.

Ao segundo dia da competição, que se realiza até domingo, Portugal conquistou já nove medalhas e mantém a liderança coletiva em masculinos, agora com 45 pontos, à frente da França (44) e de Itália (21). No lado feminino, a equipa lusa está na quarta posição, com 23 pontos, a apenas um do terceiro classificado, a Polónia (24), e atrás ainda da Turquia (28) e França (34).

Lenine Cunha, depois de na jornada da última quarta-feira se ter sagrado campeão do mundo de triplo salto, venceu o heptatlo com 2.960 pontos.

As medalhas de prata foram conquistadas, do lado masculino, por Cristiano Silva Pereira, nos 3.000 metros obstáculos, com o tempo de 11.19,98 minutos e, no setor feminino, por Inês Fernandes, no lançamento do martelo, com a marca de 36,50 metros.

Também no martelo, mas em masculinos, Domingos Magalhães, classificou-se na quarta posição, com a marca de 23,89 metros.

Nas meias-finais dos 200 metros femininos, Carina Paim foi apurada com o segundo melhor tempo, 26,77, e Igor Oliveira conseguiu, nos masculinos, o apuramento com o tempo de 23,37. Carlos Freitas e Carlos Lima, com 24,39 e 23,93, ficaram fora da final.

Fonte: ojogo.pt      Link: https://www.ojogo.pt/modalidades/noticias/portugal-obtem-mais-tres-medalhas-no-mundial-de-atletismo-para-deficientes-intelectuais-13824414.html
15
Apresentações & Regras / Re: Bem vindo RR89
« Última mensagem por Nandito em 11/06/2021, 10:25 »
Bem vindo Ricardo :good:

Saúde e muitas felicidades para ti  :good:
16
Duvidas & Ajudas / Re: Atestado Multiuso Definitivo - Revisão Autista
« Última mensagem por Nandito em 11/06/2021, 10:21 »
Boa noite.
Meu filho é autista e possui um atestado Multiuso Definitivo com percentual de 66%, recentemente foi feita uma perícia psiquiatra para cumprir determinação do juiz que está julgando o estatuto de maior acompanhado para ele, onde o perito afirma que ele não tem condições ou entendimento para possuir qualquer grau de autonomia. Lhe atribuiu um nível de autismo grave.
Com este laudo pericial posso pedir a revisão do atestado Multiuso dele, poderá haver prejuízo do grau definitivo de 66% já estabelecido em 2019?
Havendo uma nova avaliação e sendo ajustado o grau de deficiência em superior aos 66% hoje mantido isso geraria alguma diferença nos benefícios por ele mantido atualmente?
Desde já agradeço a ajuda.
Cumprimentos
Maria

Bom dia Maria,
A meu ver acho que faz bem pedir revisão do atestado médico multiusos, visto esta situação:
"onde o perito afirma que ele não tem condições ou entendimento para possuir qualquer grau de autonomia. Lhe atribuiu um nível de autismo grave"
Prejuízo no grau de incapacidade já atribuído,  não vejo razão para tal... isso seria se o menino tivesse tido melhoras ou recuperação, que não foi o caso.
Quanto à possível alteração aos benefícios já existentes, sim havendo maior grau de incapacidade, e se for superior a 80% pode receber o valor total da prestação social de inclusão 275.30€.
Boa sorte, saúde e muitas felicidades para si e toda a família.
Cumpts.
Nandito
17
Duvidas & Ajudas / Atestado Multiuso Definitivo - Revisão Autista
« Última mensagem por Mariabpribeiro em 11/06/2021, 02:24 »
Boa noite.
Meu filho é autista e possui um atestado Multiuso Definitivo com percentual de 66%, recentemente foi feita uma perícia psiquiatra para cumprir determinação do juiz que está julgando o estatuto de maior acompanhado para ele, onde o perito afirma que ele não tem condições ou entendimento para possuir qualquer grau de autonomia. Lhe atribuiu um nível de autismo grave.
Com este laudo pericial posso pedir a revisão do atestado Multiuso dele, poderá haver prejuízo do grau definitivo de 66% já estabelecido em 2019?
Havendo uma nova avaliação e sendo ajustado o grau de deficiência em superior aos 66% hoje mantido isso geraria alguma diferença nos benefícios por ele mantido atualmente?
Desde já agradeço a ajuda.
Cumprimentos
Maria
18
Apresentações & Regras / Bem vindo Mariabpribeiro
« Última mensagem por Neo em 11/06/2021, 02:11 »
Bem-Vindo Mariabpribeiro ao Deficiente-Forum.  

Agradecemos a tua inscrição no nosso Fórum e esperamos poder ajuda-lo no que for preciso, também esperamos poder aprender muito com a sua sabedoria e disponibilidade para o que seja necessário.

Faça agora sua apresentação neste post.

Obrigado
A Administração
19
Apresentações & Regras / Re: Bem vindo RR89
« Última mensagem por Raposa em 10/06/2021, 18:16 »
Welcome Welcome Welcome
20
Notícias de saúde / Re: Tudo relacionado com o Coronavírus
« Última mensagem por migel em 10/06/2021, 18:12 »
Resumo do boletim epidemiológico (últimas 24 horas):
Novos casos de infeção: 910
Óbitos: 17 043 (+6)
Recuperados: 814 023 (+534)
Internados: 295 (-12)
Internados em UCI: 72 (+2)
Número de casos ativos: 24 366 (+370)
Páginas: 1 [2] 3 4 ... 10


Anuncie Connosco Anuncie Connosco Stannah Mobilidade S.A Anuncie Connosco Anuncie Connosco


  •   Política de Privacidade   •   Regras   •   Fale Connosco   •  
       
Voltar ao topo