iacess

ergometrica

Anuncie Aqui

Liftech

mobilitec
onlift

Autopedico

Invacare

TotalMobility

Rehapoint
myservice

Tecnomobile

Liftech

Multihortos

Anuncie Aqui

Últimas Mensagens

Páginas: 1 2 [3] 4 5 ... 10
21
Apresentações & Regras / Re: Bem vindo isa1977
« Última mensagem por Sardinha em 10/04/2024, 11:00 »
22
Apresentações & Regras / Re: Bem vindo sandman
« Última mensagem por Sardinha em 10/04/2024, 10:59 »
23
Apresentações & Regras / Re: Bem vindo karui
« Última mensagem por Sardinha em 10/04/2024, 10:59 »
24
Apresentações & Regras / Re: Bem vindo Vuvu
« Última mensagem por Sardinha em 10/04/2024, 10:58 »
25
Trabalhar com Alunos com Dificuldades de Aprendizagem Específicas: Estratégias para Professores

Dislexia e Dificuldades de Aprendizagem Hiperatividade e Défice de Atenção Ensino

As dificuldades de aprendizagem específicas constituem um desafio significativo para muitos alunos e professores. Estas dificuldades podem manifestar-se de várias formas e afectar a capacidade de aprendizagem de um aluno, incluindo a leitura, a escrita, a matemática ou mesmo as habilidades sociais.


Muitas vezes, esses desafios podem ser mal compreendidos, levando a frustrações e desconexões na sala de aula. Contudo, com estratégias de ensino adaptadas e apoiadas, é possível ultrapassar estes obstáculos. Este artigo pretende explorar algumas das dificuldades de aprendizagem específicas mais comuns, oferecer insight aos professores sobre como identificá-las e fornecer estratégias eficazes para apoiar os alunos que lutam com estas questões.

1. Utilizar a Técnica de Fragmentação
Segundo George Miller, psicólogo da Universidade de Harvard, as pessoas só conseguem processar entre cinco e nove pedaços de informação de cada vez. A fragmentação, no entanto, é uma técnica de aprendizagem que permite aproveitar a memória de longo prazo e lidar com mais conceitos.

Os professores podem auxiliar os alunos no processo de aprendizagem dividindo as lições em pequenos blocos que se constroem uns sobre os outros. Cada bloco deve referenciar material das partes anteriores para ligar conceitos e utilizar a repetição.

Por exemplo, se os alunos precisam de ler um capítulo longo para os TPCs do dia, pode dividi-lo em secções lógicas e terminar cada uma com uma tarefa onde o aluno resume o que leu. Após ler o capítulo inteiro, fazê-los reler cada resumo.

2. Organizar a Informação Visualmente
Muitos alunos com dificuldades de aprendizagem processam informação visualmente. Professores e pais podem usar esta capacidade para ajudar na compreensão das matérias. Por exemplo, após ler um capítulo de um livro, pedir ao aluno para desenhar uma imagem que represente o que leu.

Também se pode tirar proveito de organizadores visuais para ajudar os alunos a processarem os pensamentos. Quando a turma lê um romance, fazê-los elaborar um organizador de causa e efeito. O efeito é o grande evento na história, o clímax onde tudo se resolve. As causas são o que levou a esse evento e o fez acontecer.

Ajudamos a sua escola a ultrapassar estas dificuldades
3. Apelar a Múltiplos Sentidos
Para melhorar a compreensão e retenção ao estudar, incorporar múltiplos sentidos.

Para crianças que são aprendem visualmente, pode tentar-se:

Pendurar imagens e montar modelos.
Destacar informações em cores diferentes.
Pedir aos alunos para criarem arte baseada na matéria.
Para aqueles que preferem aulas baseadas em áudio, pode-se:

Ouvir livros ou ler em voz alta.
Ver um vídeo com áudio a acompanhar.
Usar rimas e jogos de linguagem.
Algumas crianças aprendem cinestesicamente. Aprendem através de:

Aulas com tintas de dedo, quebra-cabeças ou areia.
Modelar objetos ou trabalhos em argila.
Usar pequenos objetos para representar números.
O ensino tátil envolve o sentido do toque, como:

Emparelhar a contagem com palmas ou outros movimentos.
Usar um marcador para assinalar passagens enquanto as lê.
Manipular materiais, como blocos, para visualizar uma cena.
4. Incorporar Mnemónicas
Mnemónicas são técnicas que ajudam os alunos a entender e organizar as informações que lêem através de pistas visuais e auditivas. Normalmente dependem do uso de palavras-chave, rimas e acrónimos. No entanto, não use um acrónimo para todos os conceitos. Em alternativa, escolha palavras-chave que pode relacionar com visuais.

Terapias individuais especializadas ajudam no diagnóstico e resolução destes problemas
Considere a possibilidade de recorrer a um terapeuta especializado para o diagnóstico e eventual acompanhamento de crianças que apresentem estas problemáticas. Psicólogos e Terapeutas da Fala são técnicos especializados no diagnóstico de problemáticas relacionadas com as várias dificuldades de aprendizagem.

A Exclusiva.mente pode ajudar — enviando os seus profissionais às escolas, para colaborar com a comunidade escolar na identificação e intervenção destas questões.

Com curiosidade? Veja como podemos ajudar
Esta solução não tem custos para escola, e a nossa abordagem foi inteiramente desenhada para responder às necessidades da comunidade escolar e das famílias, tendo excelentes resultados como método de intervenção.

Chegar a Cada Criança na Sala de Aula
Se quer aprender como ajudar alunos com dificuldades de aprendizagem, siga as estratégias acima. Ajustando a forma como se apresentam tópicos e fornecem informações, pode aliviar a ansiedade das crianças e incentivar a sua procura pelas aprendizagens ao longo da vida.



Fonte: https://www.exclusivamente.pt/artigos/trabalhar-com-alunos-com-dificuldades-de-aprendizagem-especificas-estrategias-para-professores?utm_source=meta&utm_medium=Facebook_Desktop_Feed&utm_campaign=parcerias&utm_content=120207816786920759&fbclid=IwAR3kK2hmNWysBj9WmJugqd4u-b7Z5ibvPwItniuN4oJHVbNC2Sqrg6s1tEs_aem_AUcn5MH-T6yW6UHYglLHkONiVXauzztnS38dbT3rSJQbrqlllrAEDLPoMlJodL-B47uONm6i2NHCk7ioEg9yOc6P
26
Ah bom. Obrigada pelo esclarecimento.  :abraco:
27
BC GAIA E GDD ALCOITÃO SOMAM TRIUNFOS NA LIGA BCR


Gaienses saíram incólumes da jornada dupla, ao passo que os cascalenses ultrapassaram a APD Lisboa
COMPETIÇÕES
9 ABR 2024
Na Liga BCR, o BCG/Hosp. Sta. Maria – Porto passou com distinção o duplo compromisso, na Grande Lisboa. No primeiro desafio, frente à APD Lisboa, os comandados de Pedro Bártolo impuseram-se por 29-68, com Rafael Brito – 4.0 – (17pts) e Marco Almeida – 4.0 – (14pts) em plano de destaque. Na formação liderada por Daniel Pereira, destacaram-se Filipe Nogueira – 4.0 – (11pts), Ahmat Afashokov – 4.0 – (10pts) e Bruno Lopes – 3.0 – (9pts) – 4-13 / 11-14 / 8-18 / 6-23.

No dia seguinte, os lisboetas voltaram a não ser felizes, desta feita, no reduto do GDD Alcoitão –  -, que prossegue na luta pelo apuramento para as meias-finais do playoff, juntamente com a APD Sintra. Com Afonso Tavares – 4.0 – de regresso, os cascalenses amealharam mais uma vitória, muito por culpa dos desempenhos acima da média de Hugo Maia – 2.5 – (26pts, 8res, 6ast, 5rb; 38 val.), MVP do encontro, e Hamadi Djumo – 4.5 – (12pts, 8res, 2ast, 3rb). Nos visitantes, emergiram as figuras de Filipe Nogueira – 4.0 – (10pts, 13res, 2ast, 1rb, 1dl), que atingiu a maior valorização do conjunto da capital, e Bruno Lopes (6pts, 6res, 2ast, 2rb), sem esquecer Ahmat Afashokov – 4.0 – (18pts, 5res, 7ast, 1rb), o mais concretizador nas suas cores.

Por sua vez, o BCG/Hosp. Sta Maria – Porto obteve a sétima vitória em oito encontros, na segunda fase, ao afirmar-se no terreno da APD Sintra por 57-76. Pedro Bártolo – 2.5 – (26pts) e Daniel Rodrigues – 4.0 – (20pts) guiaram os bicampeões nacionais. Nos anfitriões, merecem ênfase as prestações de Hugo Lourenço – 4.0 – (15pts) e Renato Fonseca – 3.5 – (12pts) – 12-17 / 16-14 / 12-26 / 17-19.


Nota: fotografia da autoria de António Lopes.

Fonte: FPB
28
MP diz que deficiente intelectual pode consentir sexo e arquiva processo de violação em hospital psiquiátrico do Porto

Família da vítima pede a reabertura do processo e já apresentou vários recursos.
Correio da Manhã
8 de Abril de 2024 às 10:33


FOTO: Ricardo Cabral
O Ministério Público (MP) arquivou a denúncia de uma mulher com deficiência intelectual que terá sido violada por um paciente numa casa de banho do hospital psiquiátrico Magalhães Lemos, no Porto. O caso remonta a 2019 e em 2023 entrou em fase de despacho. De acordo com o Diário de Notícias, os procuradores consideram que, apesar da incapacidade de autodeterminação sexual da vítima, o sexo poderá ter sido consentido.

No dia de Natal, em 2019, 'Maria' [nome fictício] foi encontrada deitada no chão da unidade hospitalar. Quando foi questionada sobre o que se encontrava ali a fazer, a vítima começou a chorar. Mais tarde, admitiu ter sido violada."Não sei o nome dele, mas magoou-me o pipi e o rabo", afirmou à data dos factos. Por ser numa casa de banho, o hospital não dispunha de imagens de videovigilância.


"Não se extrai dos autos qualquer elemento de facto apto para suportar de que o arguido sabia que ela era incapaz de prestar esse consentimento e, como tal, que o mesmo era válido ou que o arguido tivesse tirado partido dessa incapacidade da ofendida em se opor à sua proposta de teor sexual", lê-se no despacho do processo do MP, a que o DN teve acesso. 

Segundo o MP, um dos motivos que levou ao arquivamento do caso é o facto da vítima não conseguir, devido às suas debilidades intelectuais, fornecer um testemunho concreto do que terá acontecido, ao contrário do arguido "que apresentou uma versão sustentada dos factos".


Homem com SIDA condenado a 11 anos de prisão por abusar de menina centenas de vezes sem usar preservativo
Homem com SIDA condenado a 11 anos de prisão por abusar de menina centenas de vezes sem usar preservativo
O agressor, que estava internado à altura dos factos, não sofre de nenhuma deficiência intelectual. Contou que os atos sexuais foram praticados de acordo com a vontade da vítima e que assim que a mesma pediu para parar por estar com dores, assim o fez.

"Não ameacei, não bati, não obriguei nem agarrei com força ninguém. A rapariguinha apaixonou-se por mim e não descansou. Eu não queria porque ela não tem as faculdades todas, tem um atraso, até que não aguentei", disse o arguido.

A família da vítima pede a reabertura do processo e já apresentou vários recursos. O último foi recusado a 4 de março sob a justificação de que a ofendida, apesar das dificuldades cognitivas e emocionais, tem capacidade de autodeterminação sexual.




Fonte: CM
29
'Lizzie' é a mascote do Europeu Open Madeira 2024 de natação adaptada

Paulo Vieira LopesPaulo Vieira Lopes
08 abr 2024 16:07

foto FPN
Campeonato da Europa de natação adaptada regressa ao Funchal entre 21 a 27 de Abril.

A Federação Portuguesa de Natação (FPN) apresentou no passado fim-de-semana a mascote para a edição de 2024 do European Open Championships Madeira 2024 em natação adaptada que terá lugar de 21 a 27 de Abril, no Complexo de Piscinas Olímpicas da Penteada, no Funchal.

'Lizzie' será a mascote do evento e foi "inspirada num dos animais mais adaptados ao clima e natureza da ilha da Madeira - o lagarto. Na verdade, o Lagarto-da-Madeira é uma das espécies endémicas da Ilha da Madeira", pode ler-se na noticia publica no site da FPN.


"Assim, como os nadadores paralímpicos nos mostram constantemente apesar de apresentarem uma deficiência não os torna incapazes... de nada, os lagartos são animais que sobrevivem mesmo quando perdem a cauda. Lizzie terá cauda removível, como se fosse uma prótese", adianta ainda a notícia.

De referir que a Região volta a receber um Campeonato Europeu Open pela terceira vez, em 2024, após as edições bem-sucedidas em 2016 e 2021, antes dos Jogos Paralímpicos do Rio e de Tóquio, respectivamente.

Relembre-se que este evento será também uma das últimas oportunidades para muitos nadadores internacionais conseguirem obter os mínimos desejados para os Jogos Olímpicos de Paris'2024.



Fonte: Dnoticias
30
Boa tarde

Na minha pesquisa no Google diz isto, caso da anca;

A desarticulação da anca consiste na amputação do membro inferior por meio da articulação da anca e continua a ser um dos procedimentos mais radicais na cirurgia ortopédica.


Pois... era mesmo isso que estava a pensar que fosse
Páginas: 1 2 [3] 4 5 ... 10


Anuncie Connosco Anuncie Connosco Anuncie Connosco Anuncie Connosco Anuncie Connosco


  •   Política de Privacidade   •   Regras   •   Fale Connosco   •  
     
Voltar ao topo