mobilitec

ergometrica

Ortopedia Moderna

Lismedica

Mais que Cuidar
Stannah Mobilidade S.A

Autopedico

Invacare

Pros Avos

Ortopediareal
sembarreiras

Tecnomobile

TotalMobility

Multihortos

Drive Mobility

Autor Tópico: VISEU A MEXER COM O DIA PARALÍMPICO  (Lida 176 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline Sardinha

  • Moderador
  • ***
  • Mensagens: 1094
  • Sexo: Feminino
  • Tem deficiência: S/ ident.
VISEU A MEXER COM O DIA PARALÍMPICO
« em: 01/06/2017, 10:55 »
VISEU A MEXER COM O DIA PARALÍMPICO

Cidade do Viriato recebe sexta-feira um evento que promete animar o Parque do Fontelo
Viseu a mexer com o dia paralímpico


Foto: David Martins

Depois do sucesso de 2016 em Lisboa, o Dia Paralímpico está de volta, desta feita em Viseu. O palco escolhido é o Parque do Fontelo, espaço no qual, na sexta-feira, todos os viseenses (e não só...) poderão experimentar as mais diversas modalidades (atletismo, basquetebol, boccia, entre outros), com o objetivo de mostrar que as barreiras não existem, num espaço no qual todos poderão experimentar o desporto independentemente da sua condição.
Já a escolha de Viseu para receber esta edição deve-se a um plano bem concreto por parte do Comité Paralímpico (CPP). "Temos como objetivo que o Dia Paralímpico ocorra sempre em cidades diferentes e que não se limite apenas ao litoral do país. Adicionalmente, temos o desejo de chegar às populações e divulgar aquilo que é o movimento paralímpico, de modo a pôr as pessoas em contacto com as diversas modalidades dessa dimensão, estejam elas onde estiverem", explica-nos José Lourenço, presidente do CPP.
Para lá dos objetivos enumerados, o líder do CPP aponta um outro, que passa por "desmistificar a questão da prática do desporto para pessoas com deficiência". "A mensagem que queremos passar é que se o desporto faz bem à população em geral, faz ainda melhor às pessoas com deficiência", defende.
Na ótica de José Lourenço, o Dia Paralímpico acaba também por encerrar em si outro elemento fundamental, que passa por dar visibilidade a quem ajuda o CPP, tanto a nível de patrocínios como de parceiros. Neste âmbito, enaltece o papel dos Jogos Santa Casa, em face do "enorme apoio" que concede, "nomeadamente nas bolsas que são atribuídas aos atletas num plano de absoluta igualdade com os olímpicos".

Dois meses intensos e motivadores

Na presidência do CPP há cerca de dois meses, José Lourenço não poderia estar mais motivado com este primeiro impacto da missão que lhe foi confiada. "Tem sido intenso, uma experiência muito boa e motivadora. Passado este tempo estou ainda mais motivado para fazer estes 4 anos de mandato. Este período inicial vem confirmar que temos uma equipa muito boa e unida, que está a trabalhar em prol do desporto paralímpico e surdolímpico, de modo a tentar encontrar as melhores soluções possíveis tendo em vista a representação de Portugal nos próximos Jogos de Tóquio e, também, nos Jogos Surdolímpicos", frisou.


Fonte: Record

 



Anuncie Connosco Anuncie Connosco Stannah Mobilidade S.A Anuncie Connosco Anuncie Connosco


  •   Política de Privacidade   •   Regras   •   Fale Connosco   •  
       
Voltar ao topo