mobilitec

ergometrica

Ortopedia Moderna

Anditec

Mais que Cuidar

Loja DEnfermeiro
Ortogil

Autopedico

Invacare

Pros Avos

sembarreiras

Multihortos
Ortopediareal

Tecnomobile

TotalMobility

Ortopediastwins

Ortopedia Stop

Escadafacil

Autor Tópico: Tudo sobre a 11ª Reatech  (Lida 1165 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Online migel

  • Administrador
  • ******
  • Thank You
  • -Given: 2179
  • -Receive: 1054
  • Mensagens: 14104
  • Tem deficiência: Sim
Tudo sobre a 11ª Reatech
« em: 11/04/2012, 11:54 »
Volkswagen participa da 11ª Reatech com sua linha de automóveis com câmbio I-Motion

A Volkswagen também promoverá test-drive, em área reservada da feira, com os automóveis Fox 1.6 e Polo Hatch 1.6, ambos adaptados e com transmissão I-Motion.



Transmissão automatizada I-Motion atende cerca de 80% das pessoas com deficiência. Marca oferecerá test-drive e exibirá veículos adaptados em seu estande .Fundação Volkswagen promoverá rodas de leitura em linguagem de sinais (libras) .

A Volkswagen do Brasil participará, pelo 9º ano consecutivo, da Reatech (Feira Internacional de Tecnologias em Reabilitação, Inclusão e Acessibilidade), cuja 11ª edição será realizada desta quinta-feira [12 de abril] até domingo [15], no Centro de Exposições Imigrantes, em São Paulo. A Reatech é considerada uma das feiras mais importantes do setor de inclusão social e a 2ª maior do segmento no mundo. A expectativa é que o evento reúna cerca de 48 mil visitantes, entre profissionais do setor e público em geral.

Em seu estande, a Volkswagen do Brasil apresentará os modelos Voyage, em sua linha 2013, e Space Cross, ambos adaptados e com a transmissão automatizada I-Motion, tecnologia que atende cerca de 80% das pessoas com deficiência. A Fundação Volkswagen oferecerá, no estande, rodas de leitura em linguagem de sinais (libras) e esculturas com balões.


Além das versões I-Motion, todos os veículos de passeio nacionais da Volkswagen são oferecidos para clientes com deficiência dentro das exigências legais, inclusive os modelos com câmbio manual.

"A Volkswagen do Brasil tem orgulho de fazer parte da vida dos brasileiros e a participação da marca na feira Reatech, pelo 9º ano consecutivo, revela a importância que a empresa dedica ao segmento, ao mesmo tempo em que demonstra sua responsabilidade com a satisfação de todos os clientes. Além das adaptações, que podem ser realizadas nos veículos, a tecnologia da transmissão automatizada I-Motion permite atendermos a cerca de 80% das pessoas com deficiência", diz Alberto Andrade, gerente-executivo de Vendas Corporativas da Volkswagen do Brasil.

Feira Reatech -A Reatech - XI Feira Internacional de Tecnologias em Reabilitação, Inclusão e Acessibilidade apresentará novas tecnologias acessíveis, produtos e serviços para pessoas com deficiência. Neste ano, a organização preparou uma lista de atrações composta por seminários, cursos, oficinas, encontros científicos, palestras, arena inédita de esportes radicais adaptados, pista para test-drive de veículos adaptados, área para equoterapia, eventos de artes e um jogo de máster - futebol com antigos craques, como Ademir da Guia, Leivinha, Serginho Chulapa, Zé Maria, Wladimir, Viola, idealizado pelo jogador Júlio César, por meio do Projeto "Jogadas da Vida".

A 11ª Reatech contará com 300 expositores, em uma área de 32 mil m². Além da indústria automobilística, estarão presentes instituições financeiras, fabricantes de cadeiras de rodas, departamentos de recursos humanos, indústrias farmacêuticas e dos segmentos de animais treinados, aparelhos auditivos, equipamentos especiais, materiais hospitalares, higiene pessoal, próteses e órteses, terapias alternativas, turismo e lazer.

Com o tema "O Espetáculo", o evento ReaFashion apresentará um desfile de moda realizado especialmente para pessoas com deficiência. Desenvolvidas de acordo com condições físicas especiais, as modelagens garantem conforto e praticidade, sem deixar de lado um toque da moda contemporânea para adultos e crianças.

A feira, promovida e organizada pelo Grupo Cipa Fiera Milano, é a única que oferece planta em braille e piso com guia. O perfil dos visitantes é formado por pessoas com deficiência, assistentes sociais, profissionais de clínicas e hospitais, educadores, enfermeiros, fisioterapeutas, médicos, pedagogos, terapeutas e estudantes. A entrada é gratuita.

Reatech | XI Feira Internacional de Tecnologias em Reabilitação, Inclusão e Acessibilidade, de 12 a 15 de abril de 2012 (quinta a domingo) .Dias 12 e 13 de abril, das 13h às 21h |Dias 14 e 15 de abril, das 10h às 19h,no Centro de Exposições Imigrantes (Rodovia dos Imigrantes, Km 1,5, São Paulo, SP) . Entrada gratuita. Eventos Simultâneos: 5ª Feira Internacional de Tecnologias em Fisioterapia e 4ª Feira Nacional da Pessoa Idosa. Transporte Gratuito - Estação do Metrô Jabaquara - Saída

« Última modificação: 15/04/2012, 14:13 por migel »

Online migel

  • Administrador
  • ******
  • Thank You
  • -Given: 2179
  • -Receive: 1054
  • Mensagens: 14104
  • Tem deficiência: Sim
Socorro (SP) anuncia equipamentos adaptáveis para Turismo de Aventura  


Cidade de Socorro apresenta a tirolesa adaptada.

De 12 a 15 de abril acontece no Pavilhão Imigrantes, a 10ª Feira Internacional de Reabilitação, Inclusão e Acessibilidade, a Reatech que estima receber mais de 45 mil visitantes neste ano. Por ser um dos maiores eventos do setor, Socorro eleita pelo Ministério do Turismo a cidade referência em turismo acessível não poderia estar de fora. Socorro participa há anos da Reatech e foi uma das cidades pioneiras a apresentar a possibilidade de pessoas com deficiências e baixa mobilidade física a praticarem atividades de aventura.
 
Nesta edição, Socorro apresenta equipamentos adaptáveis para prática de tirolesa e cavalgada, sendo que a cela adaptada é um dos grandes destaques da exposição, em que a pessoa mesmo paralisada pode cavalgar presa à cela e com encosto para coluna.
 
No ano de 2008, Socorro foi indicada pelo Ministério do Turismo como referência nacional em acessibilidade devido a execução dos projetos Socorro Acessível e Aventureiros Especiais em que a cidade se preparou através de adaptações em empreendimentos como hotéis, restaurante, parques  e vias públicas.
 
Com isso Socorro possui empresas do setor de turismo  com certificação em Sistema de Gestão de Segurança em Turismo de Aventura. Este certificado tem o respaldo do Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial), da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) e da Abeta (Associação Brasileira das Empresas de Ecoturismo e Turismo de Aventura).
 
 
Cidade de Socorro
Informações Turísticas: (19) 3855-9634 / 3955-9674
Sites: www.socorro.sp.gov.br / www.socorro.tur.br



Anabel Moutinho



Offline Claram

  • Super Moderadora
  • *****
  • Thank You
  • -Given: 432
  • -Receive: 200
  • Mensagens: 3490
  • Tem deficiência: Não

Online migel

  • Administrador
  • ******
  • Thank You
  • -Given: 2179
  • -Receive: 1054
  • Mensagens: 14104
  • Tem deficiência: Sim
Tudo sobre a 11ª Reatech
« Responder #3 em: 14/04/2012, 14:12 »
Feira de acessibilidade mostra equipamentos para deficientes   

A cidade de Socorro (SP) está levando equipamentos inovadores para a 11ª Feira Internacional de Reabilitação, Inclusão e Acessibilidade (Reatech 2012), que começou nesta quinta-feira (12) na capital paulista. O objetivo é mostrar que o mercado de turismo adaptado cresce e se moderniza a passos largos no Brasil.

Segundo pesquisa realizada pela Reatech 2011, 32% dos visitantes foram à feira para identificar novas tecnologias acessíveis.

O Ministério do Turismo participa do evento com atendimento ao público, no estande do governo federal, e distribuição de informativo sobre Turismo Acessível. A ação é fruto de parceria com a Secretaria Especial de Direitos Humanos da Presidência da República.

Cerca de 48 mil visitantes são esperados para o evento que segue até domingo (15) com entrada gratuita, no Centro de Exposições Imigrantes. Este ano, 300 expositores apresentam novidades em tecnologias, produtos e serviços em áreas como artes, turismo, moda, esporte e saúde. Oficinas, encontros científicos, palestras, arena para esportes radicais, jogos, exposições, desfiles e núcleos de debates movimentam o evento.


Ana Elisa Teixeira


http://www.mercadoeeventos.com.br/site/Noticias/view/83474

Online migel

  • Administrador
  • ******
  • Thank You
  • -Given: 2179
  • -Receive: 1054
  • Mensagens: 14104
  • Tem deficiência: Sim
Reatech 2012: Nova Smart Perkins™ torna ensino e aprendizagem de Braille mais fácil



Máquina de escrever braille de alta tecnologia fornece retorno visual e de áudio juntamente com uma cópia impressa para que todos possam aprender braille em conjunto - alunos, professores, pais e adultos perdendo sua visão.


 Nesta semana, na ReaTech, a Perkins Products, uma divisão da Perkins Escola para Deficientes Visuais, fabricante da mundialmente famosa máquina de braille Perkins ®, apresenta a nova Smart Perkins™ Brailler. Esta máquina de escrever braille de alta tecnologia fornece retorno visual e de áudio juntamente com uma cópia impressa para que todos possam aprender braille em conjunto - alunos, professores, pais e adultos perdendo sua visão.

O novo produto permite ao aluno aprender braille de forma independente, mesmo quando um professor especialmente treinado não está presente. Os retornos de áudio e visual na tela estão disponíveis em Português via software Acapela de comando de voz. "Nós acreditamos que este lançamento realmente permite que as pessoas estejam no mesmo nível e desmistifica o sistema braille para permitir uma experiência de aprendizado compartilhado”, comenta David Morgan, vice-presidente e diretor geral da Perkins Products.

Para uma criança que é deficiente visual ou tem perda parcial da visão, aprender braille equivale a uma criança que pode ver aprender a escrever cartas e ler palavras e frases. A alfabetização é essencial para a empregabilidade e independência pessoal e financeira. Para as pessoas que são deficientes visuais, o Braille funciona como lápis e papel, seja eletrônica ou fisicamente. "Em poucas palavras, o objetivo geral de toda inovação da Perkins Products é expandir a alfabetização em braille e, assim, expandir o potencial de sucesso para as pessoas que são deficientes visuais em todo o mundo", diz Morgan. "A Smart Perkins é a ferramenta para fazer isso."

A Smart Perkins é única em suas características multifuncionais e multissensoriais, usando o teclado braille padrão. Equipada com um dispositivo eletrônico exclusivo que exibe símbolos grandes, imagens simuladas e fornece saída de áudio, a Smart Perkins permite a não usuários do sistema braille acompanhar o que está sendo digitado. Como o dispositivo é construído em torno de um Perkins Brailler ® de última geração, uma cópia impressa em braille é gerada simultaneamente. Além de funcionar como um digitador mecânico de braille, a máquina permite ao aluno gravar e transferir documentos eletrônicos via USB, para editar documentos, e permite que um aluno com visão ou que os pais possam trabalhar ao lado do aluno, utilizando tanto o retorno de áudio, como a tela ou a impressão.

A Smart Perkins proporciona ao novo usuário do braille uma aprendizagem mais eficaz e integrada, pois facilita a comunicação e a colaboração entre o aluno e seu professor, pais ou colegas, garantindo ainda mais a inclusão de alunos com deficiência visual nas salas de aula. Mesmo os professores que não sabem braille pode ver ou ouvir o que os alunos estão digitando. Dessa forma, a interação e o feedback entre aluno e professor (ou pai e filho) é mais imediata e eficaz.

Este novo equipamento agrega a máquina braille de escrever mais utilizada no mundo, a Perkins Brailler, com a mais avançada tecnologia, criando um produto único, projetado para simplificar o processo de aprendizado. Outros produtos braille de alta tecnologia exigem que a pessoa seja proficiente em braille, enquanto a nova Smart Perkins foi projetada exatamente para ajudar as pessoas que estão aprendendo braille a se familiarizar usando uma variedade de modos de comunicação.

Além disso, como a máquina Perkins já é o equipamento braille para escrever mais usado no mundo, a adaptação para a versão eletrônica será tranquila para os usuários, sem a necessidade de um treinamento especial. A Smart Perkins vem com um manual de uso e um resumo em áudio. Também serão disponibilizados, sem custo, vídeos de treinamento online.

O website da Smart Perkins será lançado no fim de maio e o produto estará disponível no Brasil a partir de setembro desse ano. O equipamento será distribuído pelas empresas Bengala Branca e Civiam.

Para mais informações sobre esse novo equipamento e outros produtos Perkins, acesse o site www.perkinsproducts.org ou envie uma mensagem para perkinsproducts@perkins.org

Vida mais livre

Online migel

  • Administrador
  • ******
  • Thank You
  • -Given: 2179
  • -Receive: 1054
  • Mensagens: 14104
  • Tem deficiência: Sim
Tecnologias são destaque em feira de inclusão em SP



A tecnologia é uma das principais ferramentas para a inclusão social e profissional das pessoas com deficiência. As tecnologias sozinhas não fazem nada, mas unidas à vontade de incluir pessoas com deficiência podem fazer toda a diferença entre a possibilidade de execução de uma tarefa ou não. Por isso, a apresentação de tecnologias acessíveis na Feira Internacional de Tecnologias em Reabilitação, Inclusão e Acessibilidade, que acontece em São Paulo até domingo, é tão importante.

Entre os sistemas de sinalização para pessoas com deficiência visual trazidos à feira e obrigatórios em edificações acessíveis, a empresa Andaluz Acessibilidade exibe um novo conceito de fixação de elementos e placas táteis com a linha Tátil Fácil. Disponível em seis tonalidades, as placas são confeccionados em material semi-rígido, que proporciona ganhos estéticos em ambientes internos, além de permitir boa aderência na maioria das superfícies lisas, fácil instalação e manutenção.

Já a empresa Bengala Branca vai resolver a dificuldade de pessoas com baixa visão para a leitura de correspondências, cheques, receitas e cardápios de restaurantes. O Eye-C é um dispositivo eletrônico pequeno, que pode ser guardado em qualquer bolsa, e amplia as letras para possibilitar a leitura.

Para adaptar escadas às pessoas com deficiência motora, a Personal Access trouxe à Reatech a Superglide 120, uma cadeira elevador confortável e simples de usar. Ela é alimentada continuamente por uma bateria de carga, dispensando a manutenção e assegurando ao usuário que sua cadeira funcionará mesmo no caso de um corte no fornecimento da energia elétrica na empresa ou residência.

Já a Phonak, empresa especializada na área da audição, desenvolveu soluções para melhorar a qualidade de vida dos usuários de aparelho auditivo. Na Reatech, a companhia apresenta, por exemplo, o Sistema de FM, um transmissor e um receptor de forma que o interlocutor utiliza um microfone sem fio, que também pode ficar sobre uma mesa ou no meio de um grupo de pessoas. Por meio de ondas de rádio, o microfone transmite o sinal de fala captado para um minúsculo receptor de FM.

Também estão em exibição os aparelhos intra-aurais com destaque para o Naída, uma opção inovadora no segmento de aparelhos potentes e resistentes a água, que oferece por meio do SoundRecover bons níveis de audibilidade e clareza, além de dispor de design diferenciado.

vida mais livre

Online migel

  • Administrador
  • ******
  • Thank You
  • -Given: 2179
  • -Receive: 1054
  • Mensagens: 14104
  • Tem deficiência: Sim
   
 
 Paraatletas de elite desafiarão visitantes da Reatech



Começa nesta quinta-feira a maior feira de negócios voltada à tecnologia para pessoas com deficiência, a Reatech, às 13h, no Centro de Exposições Imigrantes, em São Paulo. Entre debates e apresentações de trabalhos e equipamentos, atletas paraolímpicos paulistas de elite irão desafiar os visitantes em competições.

O evento será realizado no estande da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência onde estarão presentes os atletas paralímpicos do Time São Paulo e das Paralimpíadas Escolares, patrocinados pelo Estado.

No espaço, os visitantes serão desafiados por eles a jogarem partidas de tênis de mesa, bocha, lutar judô no tatame e correr na pista de atletismo ao redor do estande.O Time São Paulo Paralímpico é composto por 25 atletas de elite de modalidades como atletismo, bocha, ciclismo, judô, natação, paracanoagem, remo e vela.

Um convênio entre o Governo de São Paulo e o Comitê Paralímpico Brasileiro financia os atletas com ajuda de custo para atletas e treinadores, suporte para aquisição de materiais esportivos e gastos com viagens em competições. Ele tem duração até os Jogos Paralímpicos de Londres, em 2012, mas pode ser renovado até 2016, quando a competição acontecerá no Rio de Janeiro. O investimento inicial é de R$ 3,5 milhões.

A XI Feira Internacional de Tecnologias em Reabilitação, Inclusão e Acessibilidade começa nesta quinta-feira e vai até domingo. A entrada é gratuita. Em 2011, a 10ª edição da feira levou 45 mil pessoas ao pavilhão de exposições Imigrantes e contou com 250 expositores.

Entre as diversas companhias com presença confirmada para 2012 estão algumas interessadas no recrutamento de profissionais com deficiência. Em 2011, as empresas presentes na Reatech tinham, no todo, 7 mil vagas de emprego para este público.


Online migel

  • Administrador
  • ******
  • Thank You
  • -Given: 2179
  • -Receive: 1054
  • Mensagens: 14104
  • Tem deficiência: Sim
Ford participa da XI Reatech com teste-drive e estande com exposição e balcão com orientações de despachante



A Ford participará da XI Reatech, que acontece de 12 a 15 de abril (quinta a domingo), no Centro de Exposições Imigrantes, em São Paulo (SP). Considerada uma das feiras mais importantes do setor de inclusão social e a 2ª maior do segmento no mundo, a empresa apresentará em seu estande 3 Focus (sendo 2 implementados) e uma Transit. Além disso, ela também terá outros dois Focus implementados para teste-drive.

A Transit apresentada se trata de uma van de passageiros equipada com uma plataforma de elevação automática no compartimento traseiro, com travamento de rodas e capacidade de elevação de até 350 kg. Ela permite que o passageiro em cadeira de rodas entre e saia do veículo com comodidade e segurança. Adaptada em parceria com a empresa Dhollandia, a van Transit, além do passageiro com cadeiras de rodas, pode transportar mais 11 pessoas, incluindo o motorista.

No estande da Ford haverá o suporte dos instrutores para informações técnicas e dos vendedores para preços e condições de pagamento de carros Ford implementados. As promotoras estarão habilitadas para se comunicarem por linguagem de sinais (libras) e também terão duas promotoras portadoras de necessidades especiais.

Na parte de prestação de serviços, a montadora terá um Balcão despachante para auxiliar os visitantes, dar o suporte necessário para que a documentação necessária saia o mais rápido possível.

Por fim, a Ford oferecerá aos visitantes quick massage feita por massagistas portadores de deficiência visual (cegos). O estande da Ford estará localizado na Rua 500 / B (510 / 508 / 500 / B9 / B11) – ao lado da Sala de Imprensa, na saída para o teste-drive.

fonte: http://www.revistafator.com.br/ver_noticia.php?not=199457


Share me

Digg  Facebook  SlashDot  Delicious  Technorati  Twitter  Google  Yahoo
Smf

 

     
Voltar ao topo