iacess

ergometrica

Ortopedia Moderna

Anuncie Aqui

mobilitec
Stannah Mobilidade S.A

Autopedico

Invacare

Pros Avos

Ortopediareal
myservice

Tecnomobile

TotalMobility

Multihortos

Drive Mobility

Autor Tópico: Associação de Coimbra diz que apoio à construção de lares para pessoas com deficiência é urgente  (Lida 34 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Online migel

Associação de Coimbra diz que apoio à construção de lares para pessoas com deficiência é urgente

    Junho 6, 2019

O apoio à construção de lares e residências autónomas para pessoas com deficiência é “necessário e urgente”, defende a Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental (APPACDM) de Coimbra.



“Seria necessário e urgente um apoio por parte do Estado à construção de lares. O Estado tem de traçar este problema como prioritário, porque sentimos no terreno que é prioritário”, afirmou hoje à agência Lusa a presidente da APPACDM de Coimbra, Helena Albuquerque.

Este problema será uma das questões a debater no encontro “Desafiar a Inclusão”, a realizar-se no dia 14, em Coimbra, e que vai abordar diversos assuntos de quem convive e vive com a deficiência, num evento organizado pela APPACDM, a Associação de Paralisia Cerebral, a Cavalo Azul e a Câmara de Coimbra.

“Quando eu partir, o que será do meu filho(a)?” é a pergunta do último painel de debate do encontro e que pretende chamar a atenção para a falta de lares residenciais.

Para Helena Albuquerque, “é importante que os familiares possam morrer com descanso e dignidade”, sem estarem preocupados com o futuro dos seus filhos.

A responsável da APPACDM de Coimbra recordou que esta instituição está à espera ainda do cumprimento da promessa da Secretaria de Estado da Inclusão das Pessoas com Deficiência de abrir uma linha estatal de apoio à construção de lares residenciais.

Também a coordenadora dos lares da APPACDM de Coimbra, Carla Ribeiro, salienta que há muitos pedidos e uma lista de espera muito grande para a entrada em lares e residências autónomas.

“Os pais e as famílias estão a ficar bastante envelhecidos, estão cansados, os filhos precisam de outro apoio”, mas não há capacidade de resposta, notou.

O evento, que vai decorrer no auditório do Instituto de Emprego, na Pedrulha, vai também abordar questões como a lei do maior acompanhado, o modelo de apoio à vida independente, a educação inclusiva ou a questão do ‘burnout’ por parte dos cuidadores formais e informais.

O evento é uma iniciativa do grupo da deficiência da Rede Social de Coimbra e as inscrições são gratuitas, mas obrigatórias.


  por Notícias de Coimbra
 

 



Anuncie Connosco Anuncie Connosco Stannah Mobilidade S.A Anuncie Connosco Anuncie Connosco


  •   Política de Privacidade   •   Regras   •   Fale Connosco   •  
       
Voltar ao topo