iacess

ergometrica

Ortopedia Moderna

Liftech

mobilitec

onlift
Stannah Mobilidade S.A

Autopedico

Invacare

Ortopedia Real

TotalMobility

Rehapoint
myservice

Tecnomobile

Liftech

Multihortos

Drive Mobility

Anuncie Aqui

Autor Tópico: Atletismo adaptado: Chamoleia confirma ascensão  (Lida 569 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline Fisgas

 
Atletismo adaptado: Chamoleia confirma ascensão

Luanda - O atleta José Chamoleia confirmou a sua ascensão nas especialidades de velocidade para deficientes invisuais, classe T11, ao superar a concorrência no meeting nacional, que iniciou sexta-feira e terminou neste sábado, no estádio dos Coqueiros, em Luanda.


Atletismo adaptado em evidência neste sábado
FOTO: CORTESIA DE MARCELINO CAMÕESMEETING DE ATLETISMO ADAPTADO NO ESTÁDIO DOS COQUEIROSFOTO: CORTESIA DE MARCELINO CAMÕES


O velocista da província do Huambo, 18 anos, conquistou a medalha de ouro nos 100 metros com o tempo de 11 segundos e 12 décimos, contra 12'08 de Joaquim Manuel e 12'43 de Octávio dos Santos, ambos de Luanda, na segunda e terceira posição.

Nos 200 metros, Chamoleia voltou a arrebatar o ouro com o tempo de 24 segundos e 33 décimos. Foi secundado por Octávio dos Santos (24'60). Joaquim Manuel cronometrou 24'84, na terceira posição.

Na presença do ex-velocista José Armando Sayovo, agora exercendo as funções de conselheiro da selecção nacional, Chamoleia, outra vez, não deu hipóteses nos 400 metros. Venceu com 55 segundos e 50 décimos. Octávio dos Santos foi segundo com 56'94 e Afonso Camuco, terceiro, com 58'23.

Em feminino da classe T11 e T12, deficiência onde Angola é mais forte no que ao atletismo adaptado diz respeito, Esperança Gicaso e Befília Buio repartiram a hegemonia deste evento cujo objectivo foi conferir rodagem competitiva aos integrantes da pré-selecção nacional, após ausência no meeting na Tunísia, no princípio do mês corrente, por falta de verba.

Esperança Gicaso, entretanto, venceu nos 100 metros com o tempo de 13 segundos e 39 décimos. Rodé Francisco, do Huambo, foi segunda da geral com o tempo de 15'08, seguida por Regina Dumbo, também do Huambo, com 16'97.

Gicaso voltou a ganhar a medalha de ouro nos 200 metros com 27.55, Rodé Francisco foi segunda (31'15) e Regina Dumbo, terceira (32'00).

Depois de dois segundo lugares, Befília Buio vence finalmente nos 400 metros com o tempo de 1 minuto, 4 segundos e 46 décimos. Regina Duarte (Huambo) foi segunda com 1.04.49, seguida por Severina Salussinga (Huambo) com 1.14.45.

Na classe T46 masculinos (200 metros), Alberto José, Malanje, foi o primeiro da geral com o tempo de 29 segundos e 15 décimos, seguido por Silvestre Ngula, da Huíla, com 30'08. Jesus Mateus, do Bengo, foi terceiro com 32'00.

A nível dos 400 metros da mesma especialidade, o triunfo coube a Alberto Lussasse (Bié) com 55'57, seguido por Silvestre Ngula (53'75) e Alberto José (55'39).

Nos 1500 metros femininos, classe T11/T12 o triunfo coube a Befília Buio (Bié) com o tempo de 5 minutos, 16 segundos e 67 décimos. Emeloide Fernanda (Namibe) foi segunda com 5.37' 41, seguida por Anita Ngueve (Huambo) com 6.19'83.   

A competição contou com a participação de 34 atletas das 18 províncias do país catalogados pela direcção técnica da modalidade, liderada pelo seleccionador nacional, José Manuel, numa prova que serviu também de barómetro para a participação de Angola no meeting do Brasil em Abril, de antecâmara aos Jogos Paralímpicos de Setembro próximo, no Rio de Janeiro.

Foram disputadas competições nas especialidades de 100, 200, 400, 800 e 1500 metros nas deficiências de T11 e T12 (invisuais e invisuais parciais) e T46 (deficientes de um dos membros superior). 


ANGOP
 

 



Anuncie Connosco Anuncie Connosco Stannah Mobilidade S.A Anuncie Connosco Anuncie Connosco


  •   Política de Privacidade   •   Regras   •   Fale Connosco   •  
       
Voltar ao topo