mobilitec

ergometrica

Ortopedia Moderna

Lismedica

Ortopedia Universo Senior
Stannah Mobilidade S.A

Autopedico

Invacare

Pros Avos

Ortopediareal
Anuncie Aqui

Tecnomobile

TotalMobility

Multihortos

Drive Mobility

Autor Tópico: HANNES, A MÃO BIÔNICA QUE SE MOVE COM O PENSAMENTO  (Lida 33 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Online migel

HANNES, A MÃO BIÔNICA QUE SE MOVE COM O PENSAMENTO
11/5/18atualizado: 11/5/18 por Redação


Uma mão robótica made in Italy, capaz de proporcionar uma pegada natural e que permitirá aos pacientes de recuperar 90% da funcionalidade que uma mão natural tem. O nome da nova mão que foi apresentada ontem pelo Instituto Italiano de Tecnologia, é Hannes.

 
Esta prótese especial comparada à outras semelhantes já existentes no mercado, tem maior vida útil da bateria, melhor capacidade e desempenho de aderência e um custo reduzido de 30%. Além disso, não precisa de cirurgia para ser usada.

Ontem, em Roma, durante uma conferência de imprensa, a nova mão robótica foi testada em um paciente.

Hannes é uma mão protética de derivação robótica. Seu nome é uma homenagem ao professor Hannes Schmidl, quem iniciou pesquisas sobre próteses.

Pela sua conformação, peso e qualidade dos movimentos, a mão é muito próxima à uma mão real. Dessa forma, as pessoas amputadas podem perceber a prótese como parte de si mesmas e não como um elemento estranho. Ao projetá-la, os pesquisadores tentaram garantir o máximo de movimentos articulados e naturais, usando materiais resistentes.

Hannes se baseia em um sistema do tipo mioelétrico, baseado nos impulsos elétricos que vêm da contração dos músculos da parte do membro que restou. Essa tecnologia permite que as pessoas controlem a mão simplesmente pensando em movimentos naturais graças a dois sensores que recebem e interpretam o sinal elétrico proveniente do cérebro, ativando o movimento do pulso ou da mão. Um verdadeiro milagre tecnológico.

"O mecanismo na base do movimento dos dedos, a força e o tipo de conector depende do sistema DAG - um acrônimo para Dynamic Adaptive Grasp - patenteado pela equipe IIT-Inail, que dá à mão protética a capacidade de agarrar objetos, adaptar à sua forma e resistir a eventuais solicitações externas, perseguindo o objetivo de replicar os gestos e a funcionalidade do membro natural, usando um único motor", explicam.


Mesmo em repouso, os dedos se dobram e podem assumir uma postura natural. O polegar é ajustável em três posições diferentes e possibilita os tipos de pegada necessárias na vida cotidiana: "Pinch grasp, polegar e dedo indicador em oposição, para manipular pequenos objetos, como uma caneta ou um prego; Power grasp, uma pegada que consente de mover objetos pesados, até cerca de 15 kg; e Lateral grip para agarrar objetos finos e sutis como folhas ou cartões de crédito".


 
O pulso pode se dobrar em cinco posições e girar, e a bateria pode durar até um dia inteiro de uso.

Hannes estará disponível a partir de 2019 em dois tamanhos e nas versões direita e esquerda.

A questão estética também foi pensada, pois terá diferentes soluções, com diferentes luvas de revestimento seja para homens que para mulheres.


Fonte: https://www.greenme.com.br/viver/saude-e-bem-estar/6642-hannes-mao-bionica-move-com-pensamento
 

 



Anuncie Connosco Anuncie Connosco Stannah Mobilidade S.A Anuncie Connosco Anuncie Connosco


  •   Política de Privacidade   •   Regras   •   Fale Connosco   •  
       
Voltar ao topo