iacess

ergometrica

Ortopedia Moderna

Liftech

mobilitec

onlift
Stannah Mobilidade S.A

Autopedico

Invacare

Ortopedia Real

TotalMobility

Rehapoint
myservice

Tecnomobile

Liftech

Multihortos

Drive Mobility

Anuncie Aqui

Autor Tópico: Aquisição de Crédito à Habitação Bonificado  (Lida 238 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Online migel

 
Aquisição de Crédito à Habitação Bonificado

Para aquisição de crédito à habitação bonificado, procurei saber quais as instituições bancárias que apresentavam MTIC (montante total a reembolsar) mais baixo.
Depois de feita a minha escolha, fiz no site do banco a simulação de crédito, tendo obtido a respetiva FINE (Ficha de informação normalizada europeia). Nessa simulação, retirei a opção do seguro de vida pois, de acordo com a Lei n.º64/2014 (ponto 2 do Art.º 5) ele não é obrigatório para acesso às condições previstas no crédito à habitação às pessoas com deficiência.
Quando contactei com o banco telefonicamente, foi-me dada a informação de que os valores do seguro não poderiam ser dissociados da proposta. Quando lhes referi a lei e a simulação que tinha feito no site, e depois de lhes enviar a FINE que eu tinha obtido através do seu site, disseram-me que iriam questionar hierarquicamente. Mesmo depois de confirmarem que eu tinha razão, disseram-me que continuavam com o mesmo problema, que o sistema não permitia retirarem os valores do seguro, mas que esse era um problema administrativo interno, já que eu (cliente) conseguia fazer no site, mas eles não.
Embora aqui pareça que esta discussão se resumiu a uma conversa telefónica, na verdade, alongou-se por vários dias, muitas vezes com dois telefonemas por dia, em que o colaborador parecia não ter compreendido "ainda" a questão dos seguros associados.
Com a proximidade das férias do colaborador, e já antevendo a acrescida demora em todo o processo na sua ausência, questionei sobre a submissão da proposta para aprovação e supostas dificuldades no processo. Respondeu-me o colaborador na véspera de ir embora que a proposta já havia sido submitida, sem mais esclarecimentos.
Em todas as conversas que tive com o colaborador, deixei claro que a FINE que eu obtive no site seria a que deveria ser usada, já que foi emitida pelos serviços do banco. Alterações a percentagens de financiamento nunca foi mencionado e o facto de não me ter sido dada uma cópia da proposta submetida não abonou a favor de uma transparência exigida nestas situações.
Fiquei, entretanto, a saber que a proposta submitida para aprovação e posteriormente aprovada pelo banco, não foi a que eu obtive no site, onde constam afinal os valores de seguro (!!!), um MTIC 10 vezes mais caro e um financiamento de 84,44% do valor da avaliação e não dos 90% como constava da simulação que lhes submeti.
As supostas dificuldades administrativas não podem alterar as condições previstas na lei nem pode ser justificação para tal ocorrer num espaço alargado de tempo, em prejuízo da pessoa com deficiência no acesso ao crédito bonificado.
Estou a ponderar fazer uma queixa ao Banco de Portugal depois de falar com o colaborador que regressa amanhã das suas merecidas férias.
Partilho isto convosco porque gostaria de saber se também tiveram experiências semelhantes e se se verifica da parte dos bancos alguma evidência de discriminação na atribuição do crédito bonificado à habitação.



Fonte: Facebook de Fátima Nunes
 

 



Anuncie Connosco Anuncie Connosco Stannah Mobilidade S.A Anuncie Connosco Anuncie Connosco


  •   Política de Privacidade   •   Regras   •   Fale Connosco   •  
       
Voltar ao topo