iacess

ergometrica

Ortopedia Moderna

Anuncie Aqui

mobilitec
Stannah Mobilidade S.A

Autopedico

Invacare

Pros Avos

Ortopediareal
myservice

Tecnomobile

TotalMobility

Multihortos

Drive Mobility

Autor Tópico: Dificuldades no trabalho  (Lida 1869 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline Sininho

Re: Dificuldades no trabalho
« Responder #15 em: 21/01/2019, 10:47 »
Recebi finalmente a carta da S.Social a convocar-me para Comissão de Reavaliação-Sistema de Verificação de Incapacidade Temporária para o Trabalho,uma coisa que não percebo,é o que vem escrito na carta que é  seguinte --
------Informa-se que pode indicar o nome do médico que o representará na Comissão de Reavaliação 
------Se não indicar o nome do médico  seu representante a Comissão funcionará com dois médicos designados para este serviço

Pergunto se alguém sabe como isto funciona,toda a ajuda é bemvinda


Deverá indicar o nome de um médico, o seu médico de família ou o seu de especialidade a fim de fazer parte desse junta médica. Evidente que é de todo conveniente este médico estar presente, pois irá com certeza estar na sua defesa! Fale com o médico que ache mais conveniente e diga-lhe se está disposto a integrar esta junta médica, em caso afirmativo é só indicar o nome e n~º de cédula.


Ao dispor
Queira o bem, plante o bem e o resto vem...
 
Os seguintes membros Gostam desta publicação: Nandito

Offline martim

Re: Dificuldades no trabalho
« Responder #16 em: 24/01/2019, 19:21 »
Gostava de ter o  médico de familia ou de especialidade em minha defesa,mas isso penso estar fora das minhas possibilidades,agora se fosse grátis era outra história,se souberem mais info sobre isto agradeço.Bem hajam
 

Offline AREZ

Re: Dificuldades no trabalho
« Responder #17 em: 24/01/2019, 22:18 »
Gostava de ter o  médico de familia ou de especialidade em minha defesa,mas isso penso estar fora das minhas possibilidades,agora se fosse grátis era outra história,se souberem mais info sobre isto agradeço.Bem hajam

Muito Boa Noite

Sr. Martim

Pois muita atenção aos recursos.

Para que efeito de Junta médica de recurso baixa , invalidez ou tribunal.

O problema nestas juntas médicas nem é o facto de ser gratuito arrolando o seu médico pois caso a junta lhe seja desfavorável teria de suportar as despesas não só do seu médico bem como dos restantes peritos.

Quanto ao médico que se arrola a suportar seria a deslocação se for dentro da mesma localidade ronda se não estou em erro os €0,20 km

Cumprimentos


Arez


« Última modificação: 25/01/2019, 02:45 por AREZ »
AREZ
 
Os seguintes membros Gostam desta publicação: migel

Offline martim

Re: Dificuldades no trabalho
« Responder #18 em: 25/01/2019, 08:13 »
Obrigado pela informação,pergunto agora se a reavaliação me for desfavorável,se poderei meter nova baixa mesmo sem remuneração pois a junta médica é no próximo  fim de semana e eu vou ser operado logo na segunda feira.Agradecido.Bem hajam
 
Os seguintes membros Gostam desta publicação: migel

Offline martim

Re: Dificuldades no trabalho
« Responder #19 em: 12/02/2019, 09:09 »
Afinal correu tudo bem na Junta de Reavaliação de Incapacidade para o Trabalho.foi decisivo o relatório do ortopedista que nessa altura me ia operar.Fui operado á anca de ressalto e estou a recuperar,no entanto fiquei ainda com uma pequena zona tipo anestesiada no lado interior do joelho,não sei até que ponto isto vai afectar o meu caminhar,também pensei que depois de recuperar e conseguir andar ,regressar ao trabalho e algum tempo depois  rescindir com a empresa,receberia a indeminização a que tenho direito e o fundo de desemprego.Tenho 56 anos e 33 de desconto na S.Social,será que depois de acabar o Subsidio de desemprego poderei pedir a reforma antecipada?É que as perspectivas de trabalhar estão cada vez mais dificeis devido á idade e ás dificuldades de ter sofrido uma poliemelite,a qual sinto as sequelas ainda hoje agravadas pela idade.Bem hajam
 
Os seguintes membros Gostam desta publicação: migel, Nandito

Offline Nandito

Re: Dificuldades no trabalho
« Responder #20 em: 12/02/2019, 14:55 »
Afinal correu tudo bem na Junta de Reavaliação de Incapacidade para o Trabalho.foi decisivo o relatório do ortopedista que nessa altura me ia operar.Fui operado á anca de ressalto e estou a recuperar,no entanto fiquei ainda com uma pequena zona tipo anestesiada no lado interior do joelho,não sei até que ponto isto vai afectar o meu caminhar,também pensei que depois de recuperar e conseguir andar ,regressar ao trabalho e algum tempo depois  rescindir com a empresa,receberia a indeminização a que tenho direito e o fundo de desemprego.Tenho 56 anos e 33 de desconto na S.Social,será que depois de acabar o Subsidio de desemprego poderei pedir a reforma antecipada?É que as perspectivas de trabalhar estão cada vez mais dificeis devido á idade e ás dificuldades de ter sofrido uma poliemelite,a qual sinto as sequelas ainda hoje agravadas pela idade.Bem hajam

Ola martim, Boa tarde
Diga-me uma coisa, se foi acidente de trabalho, você não tem um documento aonde menciona o seu grau de incapacidade, se não tem os médicos do seguro deveriam fazer-lhe uma relatório aonde descreve todo o seu problema e incapacidade se for o caso, suponho que poderá reformar-se por invalidez, ou então  pedir uma reforma antecipada, mas isso leva uns cortes malucos, o melhor mesmo seria com os relatórios médicos apresenta-los na sua entidade patronal a fim de poder exercer um tipo de serviço mais leve, ou então chegar a um acordo mutuo sofre uma rescisão, de forma a poder ir receber do subsidio de desemprego.
Mas olhe que isto está mal, pelo menos para quem trabalha, mas tente-se informar melhor e não desista dos seus direitos.
Sei que não ajudei em nada, mas a minha humilde intenção é apenas tentar dar um outro andamento ao seu assunto, por forma a outros nossos colegas, membros e visitantes poderem também dar as suas opiniões.
xau e boa sorte

p.s se poder leia esta informação:
https://eco.sapo.pt/2019/02/06/pre-reforma-deixa-acumular-prestacao-com-salarios-no-privado/
http://saldopositivo.cgd.pt/o-que-e-a-pre-reforma-como-se-acede-a-este-regime/ 
http://expressoemprego.pt/carreiras/pre-reforma/3782
« Última modificação: 12/02/2019, 15:03 por Nandito »
 
Os seguintes membros Gostam desta publicação: migel

Offline martim

Re: Dificuldades no trabalho
« Responder #21 em: 12/02/2019, 18:16 »
É assim,tive poliemelite em criança,fiquei com uma perna mais fina,com menos musculo e força,com o esforço em todos estes anos e também devido á má postura do corpo arranjei uma lesão na anca,fui operado e estou a ver se recupero.Tenho a oportunidade se quiser de rescindir com a empresa a qual me facilita  Fundo de Desemprego e Indeminização dos anos de trabalho.Fiz os meus calculos e parece que o tempo de fundo de desemprego são 3 anos,mais o dinheiro da indeminização que me dará para mais 3 anos,nessa altura terei 62 anos e parece que perante a lei posso pedir a reforma.Qual a vossa opinião?.Bem hajam
 
Os seguintes membros Gostam desta publicação: migel, Nandito

Offline Nandito

Re: Dificuldades no trabalho
« Responder #22 em: 12/02/2019, 19:36 »
É assim,tive poliemelite em criança,fiquei com uma perna mais fina,com menos musculo e força,com o esforço em todos estes anos e também devido á má postura do corpo arranjei uma lesão na anca,fui operado e estou a ver se recupero.Tenho a oportunidade se quiser de rescindir com a empresa a qual me facilita  Fundo de Desemprego e Indeminização dos anos de trabalho.Fiz os meus calculos e parece que o tempo de fundo de desemprego são 3 anos,mais o dinheiro da indeminização que me dará para mais 3 anos,nessa altura terei 62 anos e parece que perante a lei posso pedir a reforma.Qual a vossa opinião?.Bem hajam

Se assim é penso que fazes bem, mas tenta informar-te melhor sobre os valores, não o vá o diabo tece-la, pede uma simulação na segurança social
pois eu conheço uma pessoa que fez o pedido da pré reforma muita cedo, está a receber uma bacatela,  e o pior de tudo é que ele anda convencido que quando chegar a idade irá receber a reforma por inteiro ou pelo menos uma boa actualização (reforma por velhice), e segundo já tenho ouvido dizer é que essa suposta actualização não vai ser feita.
Não entendo muito da matéria, mas apenas é o que ouço dizer, por isso confirma melhor todo o processo.
Qualquer coisa dispõe, boa sorte
Cumpts.
Nandito
 
Os seguintes membros Gostam desta publicação: migel, AREZ

Offline AREZ

Re: Dificuldades no trabalho
« Responder #23 em: 12/02/2019, 23:34 »
Se assim é penso que fazes bem, mas tenta informar-te melhor sobre os valores, não o vá o diabo tece-la, pede uma simulação na segurança social
pois eu conheço uma pessoa que fez o pedido da pré reforma muita cedo, está a receber uma bacatela,  e o pior de tudo é que ele anda convencido que quando chegar a idade irá receber a reforma por inteiro ou pelo menos uma boa actualização (reforma por velhice), e segundo já tenho ouvido dizer é que essa suposta actualização não vai ser feita.
Não entendo muito da matéria, mas apenas é o que ouço dizer, por isso confirma melhor todo o processo.
Qualquer coisa dispõe, boa sorte
Cumpts.
Nandito

(...) Exactamente

Somente para terminar

Em caso de despedimento por mútuo acordo, os desempregados que pedirem a reforma antecipada sofrem uma penalização de 2,5% vezes o número de meses entre os 62 anos e a idade legal de acesso à reforma, que é em 2019 de 66 anos e 5 meses.

Esta penalização extra é porém reposta quando o reformado atinge essa idade.

As suas melhoras.

Arez
AREZ
 
Os seguintes membros Gostam desta publicação: migel

 



Anuncie Connosco Anuncie Connosco Stannah Mobilidade S.A Anuncie Connosco Anuncie Connosco


  •   Política de Privacidade   •   Regras   •   Fale Connosco   •  
       
Voltar ao topo