iacess

ergometrica

Anuncie Aqui

Liftech

mobilitec
onlift

Autopedico

Invacare

TotalMobility

Rehapoint
myservice

Tecnomobile

Liftech

Multihortos

Anuncie Aqui

Autor Tópico: José recorda experiência traumática familiar: “Ele tinha uma pistola e deu-lhe na cabeça que queria  (Lida 700 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Online Nandito

 
José recorda experiência traumática familiar: “Ele tinha uma pistola e deu-lhe na cabeça que queria matar os filhos deficientes”

01:15 1 Setembro, 2022 | SIC


Fonte de imagem: sic.pt

Veja o vídeo da reportagem clicando no link oficial da noticia em baixo
“O meu pai bêbado gostava muito de nos ofender pessoalmente. «Tu não vales nada. Foste um erro. És deficiente.»

José recorda experiência traumática familiar: “Ele tinha uma pistola e deu-lhe na cabeça que queria matar os filhos deficientes”

José Martins foi abandonado à nascença, alegadamente por ter nascido com distrofia muscular congénita. Foi entregue a uma família de acolhimento e posteriormente colocado numa instituição para doentes mentais. Algo que que nunca chegou a compreender. Aos 18 regressou para a família biológica, mas não pelos melhores motivos. Explica: “Queriam que eu voltasse não por efetividade, mas por uma questão financeira. O meu pai vê os filhos como uma fonte de rendimento.”

José recorda ainda o dia em que o pai lhe terá apontado uma arma à cabeça. “O meu pai bêbado gostava muito de nos ofender pessoalmente. «Tu não vales nada. Foste um erro. És deficiente.» Uma certa altura ele tinha uma pistola e deu-lhe na cabeça que ele queria matar os filhos deficientes. A minha sorte foi que o meu irmão o impediu.”





Fonte: sic.pt                  Link: https://sic.pt/programas/julia/jose-recorda-experiencia-traumatica-familiar-ele-tinha-uma-pistola-e-deu-lhe-na-cabeca-que-queria-matar-os-filhos-deficientes/
« Última modificação: 01/09/2022, 09:56 por Nandito »
 

 



Anuncie Connosco Anuncie Connosco Anuncie Connosco Anuncie Connosco Anuncie Connosco


  •   Política de Privacidade   •   Regras   •   Fale Connosco   •  
     
Voltar ao topo