mobilitec

ergometrica

Ortopedia Moderna

Lismedica

Ortopedia Universo Senior
Stannah Mobilidade S.A

Autopedico

Invacare

Pros Avos

Ortopediareal
Anuncie Aqui

Tecnomobile

TotalMobility

Multihortos

Drive Mobility

Autor Tópico: Programas para Tóquio 2020 assinados e sem atraso financeiro  (Lida 95 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Online migel

Programas para Tóquio 2020 assinados e sem atraso financeiro
8/3/2018, 20:18

Os programas para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2020, em Tóquio, estão assinados e sem atraso financeiro. Os contratos programa são apresentados oficialmente na próxima segunda-feira.



ANTÓNIO COTRIM/LUSA


O secretário de Estado da Juventude e Desporto, João Paulo Rebelo, disse esta quinta-feira que os contratos programa para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Tóquio 2020 estão assinados e que não houve lapsos de tempo sem financiamento.

À margem de uma cerimónia que assinalou o dia da mulher no Comité Olímpico de Portugal (COP), João Paulo Rebelo disse que “está tudo assinadíssimo e foi tudo assinado poucos dias depois da gala” do organismo, que aconteceu em novembro.


“Os contratos estão assinados e os compromissos financeiros a serem cumpridos, e isso é uma novidade. A serem cumpridos desde o início do ano, sem ter havido qualquer lapso, ou qualquer período no vazio. Acabou o contrato do Rio 2016 e sem haver nenhum lapso temporal iniciámos o apoio ao projeto Tóquio 2020”, afirmou o governante à agência Lusa.

Na segunda-feira, no Centro de Alto Rendimento (CAR) de atletismo, no Jamor, em Oeiras, serão apresentados oficialmente os contratos programa, que contemplam 18,5 milhões de euros para a preparação olímpica, mais dois milhões do que para o Rio 2016, e 6,9 para os paralímpicos, num aumento de 3,1 relativamente aos Jogos anteriores.

Para o presidente do COP, José Manuel Constantino, os valores do contrato programa para os Jogos Olímpicos são “aqueles que são possíveis”.

“Naturalmente a nossa proposta era superior àquela que foi consensualizada, mas compreendemos perfeitamente que o país tem outras necessidades e que a proposta que o Governo consensualizou com o COP é uma proposta que nos satisfaz, porque tem um aumento significativo relativamente ao passado, portanto é um assunto que para nós não é sequer polémico”, afirmou à agência Lusa.

Constantino disse ainda que aceita estes valores e considerou que neles “se reflete o esforço que o Governo fez para melhorar o conjunto de condições que oferece aos atletas para a sua preparação desportiva com vista à sua participação nos Jogos Olímpicos”.


Observador
 

 



Anuncie Connosco Anuncie Connosco Stannah Mobilidade S.A Anuncie Connosco Anuncie Connosco


  •   Política de Privacidade   •   Regras   •   Fale Connosco   •  
       
Voltar ao topo