Deficiente-Fórum

..:: Deficiente-Forum - Temas da Actualidade ::.. Responsável: AREZ => Bem - Estar, Saude e Qualidade de Vida => Notícias de saúde => Tópico iniciado por: migel em 18/02/2020, 17:03

Título: Número de pessoas com demência vai mais do que duplicar em Portugal em 2050
Enviado por: migel em 18/02/2020, 17:03
Número de pessoas com demência vai mais do que duplicar em Portugal em 2050
N.N./Lusa
18 fev 2020 13:51

Saúde Doenças Saúde Mental demencia Alzheimer Doença Mental Doença de Alzheimer
Qual destes gémeos é fumador, apanhou mais sol ou esteve sujeito a mais stress?


A história da professora Maria não é incomum. Porque o Alzheimer pode chegar cedo demais
O número de pessoas com demência em Portugal em 2050 será mais do dobro do que atualmente, atingindo 3,82% da população, valores que ultrapassam a tendência europeia, segundo dados de um relatório hoje divulgados.
Número de pessoas com demência vai mais do que duplicar em Portugal em 2050

(https://thumbs.web.sapo.io/?W=775&H=0&delay_optim=1&webp=1&epic=YzNl/WfOwsWH9tOCq/1a6KoA8iFVm5lHYaUPFpEk1F5o+4rkAiuHsCQjnH9S6a0kdS6OsTak02YGB0ZXryUkyf/cRBNe1/A2tsUtgE9hXxNnQ30=)

Analisando os dados de Portugal, existe um ligeiro decréscimo da população portuguesa para o período 2018-2025, seguido de um decréscimo mais acentuado entre 2025 e 2050.

Apesar do decréscimo da população, o número de pessoas com demência irá mais do que duplicar: de 193.516 em 2018 (1,88% da população) para 346.905 em 2050 (3,82% da população), refere o relatório divulgado hoje pela Alzheimer Europe durante um almoço-debate do Parlamento Europeu organizado por Christophe Hansen, eurodeputado do Luxemburgo.


“Portugal ultrapassa a tendência europeia com os números quase a duplicar em 2050”, refere em comunicado a Alzheimer Portugal.

Segundo o documento, “um fator determinante desta mudança será um aumento significativo do número de pessoas com mais de 70 anos e, em particular, a faixa das pessoas com mais de 85 anos, a qual mais do que duplicará entre 2018 e 2050”.

Para Rosário Zincke dos Reis, membro da direção nacional da Alzheimer Portugal, “estes dados são muito alarmantes não havendo tempo a perder na criação e implementação de políticas para as pessoas com demência e seus cuidadores”.

“Estas políticas terão, naturalmente, que incluir forte aposta na prevenção, a provável responsável pelo decréscimo da prevalência na Europa, conforme resulta do estudo apresentado pela Alzheimer Europe”, afirma Rosário Zincke dos Reis no comunicado.


Continue a lêr aqui:  https://lifestyle.sapo.pt/saude/noticias-saude/artigos/numero-de-pessoas-com-demencia-em-portugal-mais-do-que-duplicara-em-2050-relatorio