iacess

ergometrica

Ortopedia Moderna

Liftech

mobilitec

onlift
Stannah Mobilidade S.A

Autopedico

Invacare

Ortopedia Real

TotalMobility

Rehapoint
myservice

Tecnomobile

Liftech

Multihortos

Drive Mobility

Elos de Ternura

Autor Tópico: Tudo relacionado com o Coronavírus  (Lida 130788 vezes)

0 Membros e 15 Visitantes estão a ver este tópico.

Online migel

Re: Tudo relacionado com o Coronavírus
« Responder #660 em: 20/09/2021, 19:03 »
 
 

Online migel

Re: Tudo relacionado com o Coronavírus
« Responder #661 em: 20/09/2021, 19:04 »
 
 

Online Nandito

Re: Tudo relacionado com o Coronavírus
« Responder #662 em: 21/09/2021, 16:05 »
 
COVID-19: Pelo menos 4,69 milhões morreram e mais de 229 milhões foram infetados
N.N./Lusa - 21 set 2021 13:48

A pandemia do novo coronavírus já causou pelo menos 4.696.559 mortos no mundo desde que o SARS-CoV-2 foi identificado em dezembro de 2019 na China, segundo um balanço da AFP até às 10:00 TMG (11:00 em Lisboa) de hoje.


Fonte imagem: lifestyle.sapo.pt

Mais de 229.008.620 casos de infeção foram diagnosticados no mundo no mesmo período, indicou a agência France-Presse, adiantando que a grande maioria dos doentes recupera, mas uma parte ainda mal avaliada continua com sintomas durante semanas ou até meses.

Nas últimas 24 horas foram registados 7.405 mortos e 525.458 casos em todo o mundo. Os países com maior número de mortos foram os Estados Unido com 2.296, a Rússia (812) e o Irão (344).

Os Estados Unidos são o país mais afetado em termos de mortes e casos, com 676.092 mortes em 42.290.027 casos, de acordo com a contagem realizada pela Universidade Johns Hopkins.

Depois dos Estados Unidos, os países mais afetados são o Brasil, com 590.955 mortos e 21.247.667 infetados, a Índia, com 445.385 mortos (33.504.534 casos), o México, com 271.765 óbitos (3.573.044 casos) e a Rússia, com 199.808 óbitos (7.313.851 infetados).

Entre os países mais atingidos, o Peru é o que apresenta o maior número de mortes em relação à sua população, com 604 mortes por cada 100.000 habitantes, seguido da Bósnia (314), da Hungria (312), da Macedónia do Norte (311), do Montenegro (296) e da Bulgária (288).

A América Latina e as Caraíbas totalizavam hoje, às 10:00 TMG, 1.474.050 mortes em 44.461.562 casos, a Europa, 1.290.387 mortes (66.258.484 casos), a Ásia 825.664 mortes (52.982.821 casos), os Estados Unidos e Canadá 703.491 mortos (43.864.894 infetados), a África 206.362 mortes (8.175.186 infetados), o Médio Oriente 194.624 mortos (13.105.836 casos) e a Oceânia 1.981 mortes (159.841 casos).

Os números da AFP baseiam-se em balanços diários das autoridades de saúde de cada país e em informações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e excluem as revisões posteriores de determinados organismos estatísticos, que indicam um número muito superior de óbitos.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) calcula, tendo em conta o excesso de mortalidade ligada direta e indiretamente à covid-19, que o balanço da pandemia poderá ser duas a três vezes superior ao registado oficialmente.

Além disso, uma proporção significativa dos casos menos graves ou assintomáticos não são detetados, apesar da intensificação dos rastreamentos em muitos países.


Fonte: lifestyle.sapo.pt         Link: https://lifestyle.sapo.pt/saude/noticias-saude/artigos/pelo-menos-469-milhoes-morreram-e-mais-de-229-milhoes-foram-infetados

"O Senhor detesta o caminho dos ímpios, mas ama quem busca a justiça"  Provérbios 15:9"
 

Online migel

Re: Tudo relacionado com o Coronavírus
« Responder #663 em: 22/09/2021, 17:20 »
 
 

Online migel

Re: Tudo relacionado com o Coronavírus
« Responder #664 em: 22/09/2021, 17:21 »
 
 

Online migel

Re: Tudo relacionado com o Coronavírus
« Responder #665 em: 23/09/2021, 15:31 »
 
 

Online Nandito

Re: Tudo relacionado com o Coronavírus
« Responder #666 em: 24/09/2021, 09:57 »
 
COVID-19: OMS inclui mais dois medicamentos nas recomendações para tratamento

N.N./Lusa
24 set 2021 09:04


A Organização Mundial de Saúde (OMS) acrescentou hoje dois medicamentos à lista de fármacos admitidos para tratamento da covid-19 e pediu à farmacêutica que os produz para baixar os preços e levantar as patentes.


Fonte imagem: EPA/MARTIAL TREZZINI

O casirivimab e o imdevimab, fabricado pela norte-americana Regeneron, são incluídos nas recomendações da OMS para tratamento de casos ligeiros de covid-19 em doentes que estejam em maior risco de hospitalização e, condicionalmente, no tratamento de casos graves da doença se se tratar de pessoas sem anticorpos.

“Dado o custo elevado e a escassez desta terapia combinada, a OMS apela à Regeneron para baixar os preços e distribuí-la equitativamente, especialmente em países de rendimentos baixos e médios e transferir a tecnologia que permita o fabrico de versões biologicamente semelhantes para que todos os pacientes que precisem deste tratamento tenham acesso a ele”, afirma a organização em comunicado.

A OMS já lançou entre as empresas farmacêuticas um apelo para que candidatem versões dos medicamentos para pré-qualificação, o que permitiria aumentar o nível de produção.

Salienta ainda que o tratamento com os dois medicamentos não deve ser dado a pacientes que tenham anticorpos contra a covid-19 para “não exacerbar a desigualdade e a disponibilidade limitada do tratamento”.

A OMS pede ainda aos médicos que apliquem “testes rigorosos” aos pacientes para perceberem quais é que terão mais a ganhar com este tratamento, os que ainda não tenham desenvolvido anticorpos naturais contra a covid-19.

A covid-19 provocou pelo menos 4.715.909 mortes em todo o mundo, entre mais de 230 milhões infeções pelo novo coronavírus registadas desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

Em Portugal, desde março de 2020, morreram 17.938 pessoas e foram contabilizados 1.064.876 casos de infeção, segundo dados da Direção-Geral da Saúde.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em vários países.


Fonte: lifestyle.sapo.pt        Link: https://lifestyle.sapo.pt/saude/noticias-saude/artigos/covid-19-oms-inclui-mais-dois-medicamentos-nas-recomendacoes-para-tratamento
"O Senhor detesta o caminho dos ímpios, mas ama quem busca a justiça"  Provérbios 15:9"
 

Online migel

Re: Tudo relacionado com o Coronavírus
« Responder #667 em: 24/09/2021, 14:45 »
 
 
Os seguintes membros Gostam desta publicação: casconha

Online migel

Re: Tudo relacionado com o Coronavírus
« Responder #668 em: 24/09/2021, 14:45 »
 
 
Os seguintes membros Gostam desta publicação: casconha

Online casconha

Re: Tudo relacionado com o Coronavírus
« Responder #669 em: 24/09/2021, 19:45 »
 

Estamos a ir no bom caminho
 
Os seguintes membros Gostam desta publicação: migel

Online migel

Re: Tudo relacionado com o Coronavírus
« Responder #670 em: 25/09/2021, 18:55 »
 
Novos casos Resumo do boletim epidemiológico (últimas 24 horas):
Novos casos: +713
Óbitos: +5
Recuperados: +986
Internados: 408 (-2)
Internados em UCI: 83 (+7)
Casos ativos: 31 481 (-278)
 
Os seguintes membros Gostam desta publicação: casconha

Online migel

Re: Tudo relacionado com o Coronavírus
« Responder #671 em: 26/09/2021, 17:45 »
 
Novos casos Resumo do boletim epidemiológico (últimas 24 horas):
Novos casos:+599
Óbitos: +2
Recuperados: +543
Internados: 415 (+7)
Internados em UCI: 83 (-)
Casos ativos: 31 535 (+54)
 
Os seguintes membros Gostam desta publicação: casconha

Online migel

Re: Tudo relacionado com o Coronavírus
« Responder #672 em: 27/09/2021, 16:01 »
 
 

Online migel

Re: Tudo relacionado com o Coronavírus
« Responder #673 em: 27/09/2021, 16:02 »
 
 

Online Nandito

Re: Tudo relacionado com o Coronavírus
« Responder #674 em: 27/09/2021, 16:08 »
 
Covid-19: Portugal entra na última fase do desconfinamento esta semana. Recorde tudo o que muda

Por Simone Silva   em 06:00, 27 Set 2021





Portugal entra já na próxima sexta-feira, dia 1 de outubro, na terceira e última etapa do desconfinamento, numa altura em que o país tem cerca de 85% da população totalmente vacinada contra a Covid-19.

As novas regras foram oficialmente anunciadas na semana passada, pelo primeiro-ministro, António Costa, depois do Conselho de Ministros de quinta-feira e entram em vigor no final desta semana.

Resumidamente, na sexta-feira reabrem bares e discotecas com certificado digital; restaurantes deixam de ter limite máximo de pessoas por grupo; acaba a exigência de certificado digital para acesso a restaurantes e estabelecimentos turísticos ou alojamento local e acabam os limites de lotação em eventos e espaços.

Recorde agora com detalhe as regras que vigoram a partir de 1 de Outubro:

    -Abertura de bares e discotecas;
    -Restaurantes sem limite máximo de pessoas por grupo;
    -Fim da exigência de certificado digital ou teste negativo para acesso a restaurantes;
    -Fim dos limites em matéria de horários;
    -Fim dos limites de lotação, designadamente para:
        *Casamentos e batizados
        *Comércio
        *Espetáculos culturais
   
Necessário Certificado ou teste negativo para:
        *Viagens por via aérea ou marítima
        *Visitas a lares e estabelecimentos de saúde
        *Grandes eventos culturais, desportivos ou corporativos
        *Bares e discotecas
    -Eliminação da recomendação de teletrabalho;
    -Eliminação da testagem em locais de trabalho com mais de 150 trabalhadores;
    -Fim da limitação à venda e consumo de álcool;
    -Fim da necessidade de certificado ou teste nas aulas de grupo em ginásios;
    -Obrigatoriedade de uso de máscara em transportes públicos, estruturas residenciais para pessoas idosas, hospitais, interior               de escolas, salas de espetáculos e eventos e grandes superfícies;
    -Mantém-se obrigatório o uso de máscaras na utilização de transportes coletivos de passageiros, incluindo o transporte aéreo.


Fonte: multinews.sapo.pt       Link: https://multinews.sapo.pt/noticias/covid-19-portugal-entra-na-ultima-fase-do-desconfinamento-esta-semana-recorde-tudo-o-que-muda/
"O Senhor detesta o caminho dos ímpios, mas ama quem busca a justiça"  Provérbios 15:9"
 
Os seguintes membros Gostam desta publicação: migel

 



Anuncie Connosco Anuncie Connosco Stannah Mobilidade S.A Anuncie Connosco Anuncie Connosco


  •   Política de Privacidade   •   Regras   •   Fale Connosco   •  
     
Voltar ao topo