iacess

ergometrica

Ortopedia Moderna

Liftech

mobilitec
Stannah Mobilidade S.A

Autopedico

Invacare

Ortopedia Real

TotalMobility
myservice

Tecnomobile

Liftech

Multihortos

Drive Mobility

Autor Tópico: Tudo relacionado com o Coronavírus  (Lida 101232 vezes)

martim e 27 Visitantes estão a ver este tópico.

Online migel

Re: Tudo relacionado com o Coronavírus
« Responder #480 em: 03/05/2021, 10:04 »
 
Covid-19: Utentes com historial de alergias só são vacinados após consulta hospitalar
MadreMedia
3 mai 2021 08:13

Vacinação alergias Covid-19

Covid-19: Governo brasileiro admite dificuldade no fornecimento da segunda dose da CoronaVac

A vacinação de utentes com alergias obriga a um rigoroso escrutínio clínico e as orientações da Direção-Geral da Saúde (DGS) foram atualizadas em março, definindo a referenciação destes utentes para consulta de imunoalergologia.
Covid-19: Utentes com historial de alergias só são vacinados após consulta hospitalar



PAULO NOVAIS/LUSA 24

Segundo noticia o Jornal de Notícias, esta segunda-feira, os utentes que apresentem um historial de alergias devem ser referenciados para uma consulta de imunoalergologia, como propõem as orientações da DGS propostas em março.

Luísa Geraldes, responsável pelo grupo de interesse de alergia a fármacos da Sociedade Portuguesa de Alergologia e Imunologia Clínica, explicou ao JN que, com a atualização desta norma, restringiu-se também o conceito de alergia, que passa agora por hipersensibilidade a qualquer um dos excipientes da vacina (como o polietileno); reação anafilática a uma dose anterior; ou diagnóstico prévio de anafilaxia idiopática ou reações anafiláticas recorrentes e sem causa aparente.

Os utentes convocados para a vacinação, respondem no centro de saúde a um questionário no qual detalham as alergias e, assim, caso preencham algum dos critérios referidos são referenciados "com caráter prioritário, a serviços de imunoalergologia", segundo Nuno Jacinto, presidente da Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar. Caso o imunoalergologista confirme o caso, o hospital procede à requisição das vacinas para imunização; se não confirmar, segue relatório para o médico de família para reagendamento.

Luísa Geraldes estima que, no serviço de imunoalergologia do Hospital de Guimarães, tenham sido realizados cem pedidos nas últimas duas semanas, dos quais 10% acabaram com indicação para vacinação em meio hospitalar e mediante a alergia identificada os médicos podem indicar a vacina A ou B.



Fonte: https://24.sapo.pt/atualidade/artigos/covid-19-utentes-com-historial-de-alergias-so-sao-vacinados-apos-consulta-hospitalar
 

Online migel

Re: Tudo relacionado com o Coronavírus
« Responder #481 em: 03/05/2021, 17:01 »
 
 

Online migel

Re: Tudo relacionado com o Coronavírus
« Responder #482 em: 04/05/2021, 15:42 »
 
 

Online migel

Re: Tudo relacionado com o Coronavírus
« Responder #483 em: 06/05/2021, 16:28 »
 
 

Online Nandito

Re: Tudo relacionado com o Coronavírus
« Responder #484 em: 07/05/2021, 11:01 »
 
Associação Portuguesa Deficientes faz testes rápidos gratuitos
Agência Lusa  07 Maio 2021 10:01




A Associação Portuguesa das Pessoas com Necessidades Especiais - Associação Sem Limites em parceria com a Associação Portuguesa de Deficientes da Madeira e com a Achada Fisio Clinic, vai realizar testes rápidos à Covid-19, gratuitos, aos seus colaboradores e a alguns sócios com deficiência.

"O objectivo é rastrear, de modo a dar mais segurança para a realização de actividades e apoio aos mesmos. Começaremos com os sócios que, de forma mais frequente, se deslocam até nós para treinos e actividades, e posteriormente, caso tenhamos disponibilidade, chegará aos demais interessados"

A testagem tem lugar na sede da Associação em Santo António a 10 de Maio às 10 horas.

Fonte: dnoticias.pt   Link: https://www.dnoticias.pt/2021/5/7/260440-associacao-portuguesa-deficientes-faz-testes-rapidos-gratuitos/
"O Senhor detesta o caminho dos ímpios, mas ama quem busca a justiça"  Provérbios 15:9"
 
Os seguintes membros Gostam desta publicação: casconha

Online Nandito

Re: Tudo relacionado com o Coronavírus
« Responder #485 em: 07/05/2021, 11:39 »
 
Não tive efeitos secundários, significa que a vacina não funcionou? Esta e outras perguntas (com resposta) sobre os efeitos secundários das vacinas contra a Covid-19


                                                                    Lusa

As perguntas mais comuns sobre os efeitos secundários das vacinas contra a Covid-19 respondidas em seis pontos
Seja pelos relatos de casos muito raros de tromboembolismos pulmonares decorrentes da toma da vacina da Astrazeneca ou devido às queixas de cansaço, febre e dores musculares após a inoculação com qualquer uma das vacinas contra a Covid-19, os seus efeitos secundários ainda despertam algumas dúvidas em muitas pessoas.

Especialistas e órgãos reguladores asseguram que o benefício em ser vacinado contra a Covid-19 é largamente superior ao risco. Seis respostas essenciais para acabar com as dúvidas que ainda possa ter.

1. Ouvi dizer que os efeitos secundários da vacina, especialmente após a segunda dose, podem ser muito maus. Devo preocupar-me?
Efeitos secundários de curta duração como fadiga, dor de cabeça, dores musculares e febre são mais comuns após a segunda dose das vacinas Pfizer-BioNTech e Moderna, que requerem duas injeções cada uma. No entanto, não há razões para preocupações: é sinal de que as células estão a fazer o seu trabalho de defesa do organismo. No site da Direção-Geral da Saúde (DGS) pode ler-se que “todas as vacinas, ao estimularem as nossas defesas, podem causar efeitos secundários ligeiros e de curta duração”.

2. Não tive efeitos secundários. Significa que o meu sistema imunitário não respondeu ou que a vacina não funcionou?
Não. Em declarações ao The New York Times, Paul Offit, professor da Universidade da Pensilvânia e membro do painel consultivo de vacinas da Food and Drug Administration, observou que, durante os ensaios clínicos, um número significativo de pessoas não relatou efeitos secundários e, ainda assim, os mesmos ensaios mostraram 95% de eficácia. “Isso prova que não é preciso ter efeitos secundários para estar protegido”.

3. É verdade que as mulheres sofrem mais efeitos secundários das vacinas?
Sim. O Centro de Controlo e Prevenção de Doenças (CDC, na sigla inglesa) analisou os dados de segurança das primeiras 13,7 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19 administradas nos Estados Unidos da América (EUA). A organização concluiu que 79,1% das queixas relacionadas com os efeitos secundários provocados pela imunização foram endereçadas por mulheres. Além disso, apesar de extremamente raros, quase todos os casos de anafilaxia, ou reações alérgicas com risco de vida, ocorreram em mulheres.

A maior propensão que as mulheres têm para desenvolver efeitos secundários a vacinas não é novidade. Um estudo descobriu mesmo que, ao longo de quase três décadas, as mulheres foram responsáveis por 80% de todas as reações anafiláticas de adultos a vacinas.

A biologia poderá ajudar a explicar esta realidade. Vários estudos demonstram que as raparigas produzem mais anticorpos contra as infeções do que os rapazes – chega a ser o dobro. Tal verifica-se, por exemplo, no caso das vacinas contra o influenza, a febre-amarela ou a hepatite A e B.

O estrogénio, que regula o sistema de reprodução feminino, é responsável por uma maior produção de anticorpos em resposta à vacina da gripe. Já a testosterona, essencial no desenvolvimento do sistema reprodutivo masculino, é imunossupressora, tornando a vacina da gripe menos eficaz em homens com elevados níveis desta hormona.

4. Já tive Covid. Posso tomar apenas uma dose de vacina?
Segundo a mais recente norma publicada pela DGS acerca da vacinação, “as pessoas que recuperaram da infeção por SARS-CoV-2 são vacinadas com uma dose de vacina contra a Covid-19, independentemente de ser uma vacina com esquema vacinal de uma ou duas doses”.

Relativamente às pessoas que já tiveram Covid-19, mas apresentem condições de imunossupressão (nos termos da Norma 004/2020 da DGS), a mesma norma refere que serão vacinadas “com duas doses de vacina nas vacinas com esquema vacinal de duas doses e com uma dose de vacina nas vacinas com esquema vacinal de uma dose”.

5. Fui vacinado com a vacina da AstaZeneca e tenho menos de 60 anos. Posso receber a segunda dose de outro fabricante?
Quem tem menos de 60 anos, tomou a primeira dose de vacina da AstraZeneca há sensivelmente três meses e, por isso, foi ou está a ser chamado para tomar a segunda, tem agora duas opções, admitidas na atualização da norma da Direção-Geral da Saúde publicada na passada sexta-feira.

Ou escolhe repetir a mesma vacina, de acordo com as recomendações da Agência Europeia do Medicamento e dando o seu consentimento, ou escolhe esperar mais algum tempo até serem conhecidos novos dados sobre a eficácia e segurança de completar o programa recorrendo a uma vacina diferente.

Esses novos dados devem ser conhecidos ainda este mês, altura em que a DGS emitirá nova orientação, explicou, numa audição na comissão parlamentar de saúde realizada quarta-feira, 5 de maio, o coordenador da Comissão Técnica de Vacinação Contra a Covid-19 , Válter Fonseca, assegurando ainda que não há risco em ultrapassar os três meses de espaçamento entre as duas tomas, pois existem dados que mostram que num intervalo superior a 12 semanas ainda se mantém a proteção conferida pela primeira dose.

6. As vacinas funcionarão contra as novas variantes?
As vacinas parecem ser eficazes contra a variante identificada pela primeira vez no Reino Unido, atualmente responsável por mais de 91% dos casos de Covid detetados em Portugal. Algumas variantes do novo coronavírus, particularmente as que foram identificadas pela primeira vez na África do Sul e no Brasil, parecem ser mais hábeis em evitar os anticorpos das pessoas vacinadas.

Fonte: visao.sapo.pt    Link: https://visao.sapo.pt/visaosaude/2021-05-07-nao-tive-efeitos-secundarios-significa-que-a-vacina-nao-funcionou-esta-e-outras-perguntas-e-respostas-sobre-os-efeitos-secundarios-das-vacinas-contra-a-covid-19/
"O Senhor detesta o caminho dos ímpios, mas ama quem busca a justiça"  Provérbios 15:9"
 
Os seguintes membros Gostam desta publicação: migel, casconha

Online Nandito

Re: Tudo relacionado com o Coronavírus
« Responder #486 em: 07/05/2021, 12:09 »
 
COVID-19: Cerca de 100 mil pessoas vacinadas quinta-feira, meta antecipada uma semana

Cerca de 100 mil pessoas receberam a vacina contra a covid-19 na quinta-feira e hoje deverá ser administrado o mesmo número de doses, o que antecipa em uma semana esta meta definida pela `task force´ do plano de vacinação.



“No dia de ontem (quinta-feira) foram administradas cerca de 100 mil vacinas, número que se deverá registar igualmente no dia de hoje, antecipando-se assim a expectativa inicial em cerca de uma semana”, adiantou a estrutura que coordena a logística da vacinação em Portugal em informação enviada à Lusa.

Segundo a `task force´ liderada pelo vice-almirante Gouveia e Melo, este resultado de vacinar 100 mil pessoas por dia “só foi possível com a implementação do processo de auto agendamento, que permitiu aumentar significativamente o ritmo de vacinação, apesar de alguns contratempos verificados no processo”.

Em 23 de abril entrou em funcionamento o portal destinado ao auto agendamento para a vacinação, que tinha registado, até ao início desta semana, cerca de 206 mil inscrições para a toma da vacina contra a covid-19.

Com a entrada da segunda fase do plano de vacinação e uma maior disponibilidade de vacinas por parte das empresas farmacêuticas fornecedoras, o ritmo de vacinação encontra-se em aumento significativo, com a `task force´ a prever que fosse atingida uma média diária de 100 mil inoculações, o correspondente a 1% da população, nas próximas semanas, objetivo que foi já alcançado.

A `task force´ avançou ainda que Portugal continental alcançou na quinta-feira a marca de um milhão de pessoas com a vacinação completa com a segunda dose ou com a inoculação com a vacina de toma única da Janssen, o que corresponde a mais de 10% da população portuguesa.

Em Portugal, morreram 16.988 pessoas com covid-19 dos 838.475 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

Fonte: lifestyle.sapo.pt   Link: https://lifestyle.sapo.pt/saude/noticias-saude/artigos/covid-19-cerca-de-100-mil-pessoas-vacinadas-quinta-feira-meta-antecipada-uma-semana
"O Senhor detesta o caminho dos ímpios, mas ama quem busca a justiça"  Provérbios 15:9"
 
Os seguintes membros Gostam desta publicação: migel, casconha

Online migel

Re: Tudo relacionado com o Coronavírus
« Responder #487 em: 10/05/2021, 14:42 »
 
 

Online migel

Re: Tudo relacionado com o Coronavírus
« Responder #488 em: 10/05/2021, 14:43 »
 
 

Online migel

Re: Tudo relacionado com o Coronavírus
« Responder #489 em: 11/05/2021, 16:20 »
 
 

Online migel

Re: Tudo relacionado com o Coronavírus
« Responder #490 em: 12/05/2021, 16:00 »
 
 

Online migel

Re: Tudo relacionado com o Coronavírus
« Responder #491 em: 12/05/2021, 16:01 »
 
 

Online migel

Re: Tudo relacionado com o Coronavírus
« Responder #492 em: 13/05/2021, 15:37 »
 
 

Online migel

Re: Tudo relacionado com o Coronavírus
« Responder #493 em: 13/05/2021, 15:37 »
 
 

Online migel

Re: Tudo relacionado com o Coronavírus
« Responder #494 em: 14/05/2021, 14:42 »
 
 
Os seguintes membros Gostam desta publicação: casconha

 



Anuncie Connosco Anuncie Connosco Stannah Mobilidade S.A Anuncie Connosco Anuncie Connosco


  •   Política de Privacidade   •   Regras   •   Fale Connosco   •  
       
Voltar ao topo