mobilitec

ergometrica

Ortopedia Moderna

Lismedica

Anuncie Aqui
Stannah Mobilidade S.A

Autopedico

Invacare

Pros Avos

Ortopediareal
Anuncie Aqui

Tecnomobile

TotalMobility

Multihortos

Drive Mobility

Autor Tópico: Domótica - Termostatos Inteligentes  (Lida 48 vezes)

0 Membros e 2 Visitantes estão a ver este tópico.

Online Isanches

Domótica - Termostatos Inteligentes
« em: 04/12/2018, 18:48 »
Olá,

Termostatos são dispositivos destinados a manter constante a temperatura e são usados em vários aparelhos de climatização (ar condicionado, ventilação e aquecimento).

Funcionam a pilhas, com bateria ou ligados à corrente eléctrica.

Fonte foto: Cnet

Tipos de termostatos disponíveis:
  - Programáveis (manualmente): permitem agendar as definições de funcionamento dos aparelhos de climatização por horários. Também são chamados de crono-termostato e tratam-se dos aparelhos mais tradicionais.
   - Inteligentes:
      *Com sensores de movimento ou aproximação: permitem ao termostato avaliar se o utilizador está perto para alterar os parâmetros do aparelho de climatização. Alguns têm sensores remotos para que sejam posicionados na zona de maior passagem de pessoas, para que regule os aparelhos mais eficazmente.
     * “Geofencing”: A partir da funcionalidade presente no smartphone do utilizador que identifica a localização deste, o termostato deduz se este está em casa ou não, adaptando a temperatura ou outro parâmetro consoante essa condição. Alguns modelos permitem a definição de um intervalo espacial para que funcione, de forma que mesmo que o utilizador ainda não tenha chegado a casa, o termostato aumenta a temperatura para que a casa esteja confortável quando ele chegar.
     * Com algoritmos de aprendizagem: (Ex: Honeywell) O termoestato aprende ao longo do tempo à medida que o utilizador introduz manualmente as definições pretendidas, chegando a um ponto em que as adapta automaticamente à medida que os padrões previamente identificados vão-se alterando.

Termostatos inteligentes são indicados para: pessoas que não consigam manipular os controlos dos aparelhos de climatização ou termostatos tradicionais, que precisem de manter a temperatura em determinado valor, etc.


Vantagens:

  - Controlo à distância e com menor esforço, logo mais autonomia.
   - Melhoria de performance quanto ao controlo da temperatura interior da casa.
  - Possível poupança de custos com energia.
  - Possibilidade de compilação de estatísticas de consumo para análise do utilizador.

Opções para maior autonomia:

   - Ligação sem fios (Wi-Fi, bluetooth, rádio): para poder controlar o termostato à distância através de comando de controlo remoto, smartphone ou aparelho equivalente.
   - Compatibilidade com assistente virtual (para ser possível controlar através da voz) ou com opção de comando por voz.
   - Controlos, botões e ecrãs ergonómicos e visíveis à distância.

Desvantagens:

   - Apesar de “inteligentes”, como têm de equacionar mais condicionantes, o risco de mau funcionamento é maior e em tal caso podem provocar mais estragos e gasto de energia do que os tradicionais. Esse risco também aumenta devido ao facto de terem mais componentes (principalmente software), pelo que a sua vida útil é menor.
Exemplos:
      * Sensores: se o utilizador se encontrar imobilizado num quarto (Ex: se estiver doente), pode precisar de ajustar o termostato manualmente, pois os sensores podem levá-lo a crer que não está em casa. O utilizador precisa de estar quase permanentemente em movimento para o termostato funcionar, daí ser usual que os sensores de proximidade sejam apenas acessórios. Já os sensores de temperatura tornam os termostatos mais eficazes.
      * “Geofencing”: não funciona correctamente em várias situações: se o utilizador esquecer-se do smartphone em casa, se trabalhar perto de casa, se houver muitos utilizadores, etc.
   - Podem ser só compatíveis com produtos da mesma gama ou fabricante.
   - A instalação pode requerer a intervenção de um técnico, provavelmente um electricista especializado em aparelhos de climatização ou um técnico dessa área, pois o principal obstáculo pode estar na diferença entre os fios eléctricos do termostato e do aparelho. No entanto, existem modelos que ligam-se ao aparelho sem fios.
   - Podem estar dependentes de ligação Wi-Fi e esta tem de ser suficientemente forte para garantir um funcionamento pleno, contínuo e sem desfasamentos. Adicionalmente, (assim como os que utilizam transmissão via rádio), podem estar vulneráveis a interferências entre redes. Por outro lado, pode ser necessário criar contas virtuais e ter de partilhar informações pessoais, ao mesmo tempo que poderá estar a partilhar os seus hábitos. Outro risco para a sua segurança será a vulnerabilidade a um ataque de hacking, as suas informações também poderão estar em risco e servir para avaliar oportunidades de roubo em caso de ausência.
   - Se estiver dependente de uma aplicação de smartphone e de acesso a um servidor cloud, pode ficar vulnerável a ineficiências criadas por actualizações deficientes ou a falta destas (que podem até provocar danos nos próprios aparelhos de climatização), assim como da falta de acesso ao servidor se o fabricante deixar de existir.
   - São mais caros do que os termostatos tradicionais (preço de aquisição e de funcionamento se precisarem de ligação Wi-Fi).

Critérios a ter em conta aquando da compra:

   - Compatibilidade com o aparelho de climatização (configuração, tipo de energia que usa, modo de funcionamento, etc).
   - Compatibilidade com smartphone ou assistente pessoal.
   - Tipo de conexão ao sistema de aquecimento, se com fios ou sem fios.
   - Instalação: quer física (do termostato), quer da aplicação de smartphone, se fôr preciso.
   - Compatibilidade com outros sistemas de domótica instalados em casa.
   - Aplicação de smartphone que seja intuitiva, em português e que seja fácil de usar.
   - Funcionalidades e programas.
   - Sensibilidade de ativação (em °C).
   - Temperatura máxima (em °C).
   - Se permite controlo divisão por divisão.
    - Garantia: ter em atenção a duração e a abrangência de componentes. Um seguro também poderá ser útil.
    - Apoio ao cliente por parte do vendedor ou fabricantes.
    - Para garantir a aquisição dum produto com qualidade: investigar críticas online (Amazon, DECO, etc)

Opções extra:

   - Termo-Higrómetro: mede a humidade e temperatura interior e/ou exterior.
   - Previsão meteorológica.
   - Relógio.
   - Ecrã táctil.
   - Ecrã retroiluminado.
   - Controlo de água quente sanitária
   - Aparência personalizável.
   - Histórico e conselhos personalizados.
   - Compatibilidade com piso radiante.
   - Compatibilidade com aquecimento coletivo.

Vendido em lojas físicas (de bricolage e materiais de construção) e on-line (na Amazon e eBay pode encontrar marcas estrangeiras).


Marcas presentes em Portugal: MOMIT / NETATMO / DUCASA / WATTIO / OH!HOUSE / etc.

Preço c/IVA aprox.: de 18€ a 250€


Partilhem as vossas opiniões, experiências e críticas sobre o produto para ajudar e informar a comunidade.

Também são bem-vindas correcções e informações que completem o tópico, como restrições de mobilidade que o produto colmata, dicas de utilização, etc.


Fontes:
https://pt.wikipedia.org/wiki/Termostato
https://www.cnet.com/news/hvac-thermostat-buying-guide/
https://www.amazon.com/Nest-T3007ES-Thermostat-Temperature-Generation/product-reviews/B0131RG6VK/ref=cm_cr_dp_d_hist_1?ie=UTF8&filterByStar=one_star&reviewerType=all_reviews#reviews-filter-bar
https://www.leroymerlin.pt/Site/Home.aspx#q%3Dtermoest%25C3%25A1to%2520inteligente%26t%3Dno
 
Os seguintes membros Gostam desta publicação: migel

 



Anuncie Connosco Anuncie Connosco Stannah Mobilidade S.A Anuncie Connosco Anuncie Connosco


  •   Política de Privacidade   •   Regras   •   Fale Connosco   •  
       
Voltar ao topo