iacess

ergometrica

Ortopedia Moderna

Anuncie Aqui

mobilitec
Stannah Mobilidade S.A

Autopedico

Invacare

Anuncie Aqui

TotalMobility
myservice

Tecnomobile

Anuncie Aqui

Multihortos

Drive Mobility

Autor Tópico: O espírito do Rugby: o jogador argentino e orador motivacional Nicolás Pueta.  (Lida 7982 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Online Sininho

 O espírito do Rugby: o jogador argentino e orador motivacional Nicolás Pueta.
 


 Pueta nasceu com uma deficiência femoral em que sua perna esquerda nunca cresceu para o tamanho natural, mas isso nunca o impediu de praticar esportes, especialmente o Rugby. "Eu amei o jogo desde o primeiro dia. Sempre acompanhava os meus amigos e colegas de classe para os seus jogos.", disse Pueta, cujo pai é um treinador respeitado e seus dois irmãos mais novos também jogam Rugby. Um dia, com 15 anos, ele decidiu que era hora de tentar, e apesar dos médicos e seus pais não aconselharem, ele jogou sua primeira partida. "Eu nunca assumi minha deficiência e ser uma criança sem uma perna fez com que meus braços fossem muito mais fortes", Pueta acrescentou.



 
 Depois de terminar a universidade, viajou para a Europa, onde jogou Rugby na Inglaterra na temporada 2007-08. Logo depois teve uma curta passagem pelo Rugby holandês. Antes do final da temporada, voltou para a Argentina e seu clube natal, o Club San Andres.
 
 Trabalhou no departamento de comunicação da Rugby World Cup 2007 e no final do torneio foi agraciado com o prestigioso prêmio Espírito do Rugby IRB pela força de sua paixão pelo Rugby apesar de suas desvantagens físicas. Ao retornar a seu país em 2008, também recebeu o título Leyendas del Rugby (onde as lendas do Rugby argentino são reconhecidas).
 
 Nicolás trabalha atualmente na indústria de esportes e também é um palestrante motivacional, cativando seu público a entender a importancia da luta por seus sonhos, superação dos problemas e garantir que o objetivo seja alcançado, colocando a mente e o corpo para essas tarefas
 
 Apesar do intenso contato físico, o Rugby também pode ser praticado por cadeirantes, como mostra o documentário Murderball:

 
 Diego Vieira
Queira o bem, plante o bem e o resto vem...
 

 



Anuncie Connosco Anuncie Connosco Stannah Mobilidade S.A Anuncie Connosco Anuncie Connosco


  •   Política de Privacidade   •   Regras   •   Fale Connosco   •  
       
Voltar ao topo