iacess

ergometrica

Ortopedia Moderna

Anuncie Aqui

mobilitec
Stannah Mobilidade S.A

Autopedico

Invacare

Anuncie Aqui

Anuncie Aqui
myservice

Tecnomobile

TotalMobility

Multihortos

Drive Mobility

Autor Tópico: Arqueiro sem braços, americano tenta inspirar as pessoas: "Tudo é possível"  (Lida 1241 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline Fisgas

Arqueiro sem braços, americano tenta inspirar as pessoas: "Tudo é possível"


Vice-campeão paralímpico, Matt Stutzman leva prata no Parapan e impressiona fãs por habilidade de atirar sem ter braços: "Quero motivá-las a tentar fazer algo único"

 Por Marcos GuerraDireto de Toronto, Canadá

           
A arquibancada de Toronto vibrava a cada vitória de Matt Stutzman no tiro com arco. Torcedores se impressionavam com o que viam: mesmo sem braços, o americano usava de sua técnica única para atirar usando pés e a boca e bater adversários com mãos ativas. Estrela das Paralimpíadas de Londres, em 2012, quando levou a prata, ele se firmou como um astro paralímpico sob a alcunha de “The Armless Archer”, o arqueiro sem braços. O famoso conquistou a prata do arco composto dos Jogos Parpan-Americanos nesta terça-feira e arrebatou, de quebra, mais uma legião de fãs para inspirar em sua missão de vida.

Matt Stutzman atira com os pés e foi ao pódio no Parapan (Foto: Daniel Zappe/MPIX/CPB) height=470

Matt Stutzman atira com os pés e foi ao pódio no Parapan (Foto: Daniel Zappe/MPIX/CPB)-




O importante não é ser famoso, é inspirar pessoas.  As pessoas me veem atirando e pensam: “nossa, eu posso fazer algo assim”. Quero motivá-las a tentar fazer algo único. Isso só me faz atirar melhor. É muito legal como eu descobrir uma maneira de participar de um esporte em que se utilizam as mãos. Assim que vi isso descobri que eu poderia ser o melhor em alguma coisa. Mostrar que tudo é possível é a única razão por que as pessoas apoiam o que eu faço - disse Matt.

Matt Stutzman atira com os pés e foi ao pódio no Parapan (Foto: Daniel Zappe/MPIX/CPB) height=313


Matt Stutzman atira com os pés e foi ao pódio no Parapan (Foto: Daniel Zappe/MPIX/CPB)Quebrar as barreiras do impossível sempre foi a filosofia do americano. Sem explicação médica, ele nasceu sem braços, fato muito raro - pesquisas estimam que 1 a cada 350 mil crianças nasça assim. Os pais biológicos se assustaram com ideia de criar uma criança especial, e Matt foi adotado com apenas quatro meses de idade por Leon e Jean Stutzman. O casal deu liberdade para o garoto sem braços crescer livremente pela fazenda da família e aprender a lidar com a vida sem braços e sem tratamentos especiais.

- Nunca pensei: “por que eu?” Eu fui adotado por uma excelente família, que me criou de um jeito que nunca era: “coitado, pobre menino sem braços”. Cresci em uma fazenda, cuidava das vacas, dos porcos, fazia a minha parte. Eles não me trataram de uma maneira especial, eles me ensinaram a trabalhar duro pelo que eu queria. Sempre pensei que Deus não me deu braços, mas me deu a habilidade de atirar, de poder ter uma vida saudável, que eu chamo de vida livre de mãos. Aceitei o dom que Deus me deu - afirmou o americano, que consegue até dirigir em um carro adaptado, mas guiando o volante com o pé.

Matt dá atenação a fãs e autografa cartaz com o pé (Foto: Reprodução/Facebook) height=380


Matt dá atenação a fãs e autografa cartaz com o pé (Foto: Reprodução/Facebook)Como parte da filosofia de ter uma vida ativa e socialmente integrada, Matt sempre esteve relacionado com o esporte. O tiro com arco entrou em sua vida a princípio fora do esporte. Ele gostava de acompanhar o pai Leon em caças a cervos, sempre usando arco e flecha, nada de armas de fogo.

- Eu costumava usar o arco para colocar comida na mesa para a minha família, percebi que eu poderia ser melhor em colocar comida na minha mesa se eu começasse a atirar em alvos, acabou que fiquei muito bom nisso.

Sem contar com ajuda na hora de colocar a flecha na corda, ou na hora de equilibrar o arco, Matt cresceu muito no tiro com arco desde que iniciou sua carreira internacional justamente nos Jogos Parapan-Americanos de 2011. Ele ficou na quarta colocação em Guadalajara, que serviu para quebrar o gelo antes de ganhar fama em Londres.

- Quatro anos atrás, foi o meu primeiro evento internacional, então eu não tinha ideia do que aconteceria, não sabia o que esperar. Acabei ficando na quarta colocação. Foi a primeira vez que estava atirando em um estádio como esse. Eu desmoronei (risos). Não consegui controlar meus nervos, todo mundo estava me olhando. Então aqui é uma redenção para mim - disse Matt, que perdeu a disputa do ouro diante do compatriota Andre Shelby, por 144 a 140 pontos.


Matt Stutzman - tiro com arco paralimpíadas Londres 2012 (Foto: Getty Images) height=460

Matt Stutzman - tiro com arco paralimpíadas Londres 2012 (Foto: Getty Images)Com o jeitão boa praça, ele passeia pela área de competição do tiro com arco, faz questão de cumprimentar todos os companheiros da equipe americana a cada duelo e torce por todos. Um carisma que só reforça a sua marca como o arqueiro sem braços, alcunha criada em 2011 para substituir a de “inspirational archer”, o arqueiro inspirador.

- Eu estava sentado em casa, tentando bolar um nome para me chamar, porque é publicidade para as pessoas verem minha história, para eu poder transformar as pessoas. Falei em casa: “Como eu devo ser chamado”. E meu filhinho falou: “O arqueiro sem braços”. Pegou desde então e não mudaria isso - disse Matt, que é casado com Amber Schaller e é pai dos garotos Carter, Cameron e Alex.

Agora vice-campeão parapan-americano, o arqueiro sem braços já se prepara para seu próximo desafio: impressionar e inspirar os brasileiros nas Paralimpíadas do Rio de Janeiro, em 2016.

- Os fãs foram fantásticos em Londres. Eu apenas posso imaginar como vai ser no Rio.


Matt Stutzman dirige carro adaptado guiando o volante com o pé (Foto: Reprodução/Facebook) height=388


Matt Stutzman dirige carro adaptado guiando o volante com o pé (Foto: Reprodução/Facebook)


fonte;  http://globoesporte.globo.com/parapan/noticia/2015/08/arqueiro-sem-bracos-americano-busca-inspirar-pessoas-tudo-e-possivel.html




   
                           

« Última modificação: 12/08/2015, 10:40 por Fisgas »
 

 



Anuncie Connosco Anuncie Connosco Stannah Mobilidade S.A Anuncie Connosco Anuncie Connosco


  •   Política de Privacidade   •   Regras   •   Fale Connosco   •  
       
Voltar ao topo