mobilitec

ergometrica

Ortopedia Moderna

Lismedica

Anuncie Aqui
Stannah Mobilidade S.A

Autopedico

Invacare

Pros Avos

Ortopediareal
Anuncie Aqui

Tecnomobile

TotalMobility

Multihortos

Drive Mobility

Autor Tópico: Reabilitação psicoemocional para uma centena de pessoas com doenças do sangue  (Lida 243 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Online Sardinha

Reabilitação psicoemocional para uma centena de pessoas com doenças do sangue


Mais de uma centena de pessoas com doenças malignas do sangue participam num projeto de reabilitação física e psicoemocional da Associação Portuguesa de Leucemias e Linfomas (APLL), que visa a reabilitação física e emocional, foi hoje anunciado.


Lusa
28 Setembro 2018 — 09:20

"Os doentes vão às nossas aulas duas vezes por semana, com exercícios adaptados, e a maioria dos participantes sentem-se melhor à medida que vão frequentando as aulas", disse à agência Lusa Isabel Barbosa, presidente da associação.

O projeto 'Viver +' recebeu este ano um prémio monetário no âmbito de um programa internacional de responsabilidade social que visa reconhecer iniciativas centradas nas pessoas com doença oncológica.

Segundo Isabel Barbosa, a maioria dos doentes "achou que tinha beneficiado com a participação no projeto 'Viver +', criando "verdadeiros laços de amizade" entre pessoas que querem conviver e fazer a reabilitação física.

"O que se verifica é que os doentes oncológicos e com doenças de sangue sentem-se bastante isolados e este projeto proporciona-lhes momentos de convivência e partilha, que para eles é bastante importante", sublinhou.

No entanto, a presidente da APLL lamenta que a adesão dos doentes seja lenta, considerando que é necessário "um grande esforço para as convencer".

"A primeira barreira que temos a quebrar é convencer as pessoas a participar, porque há doentes que participam há três anos e não deixam de participar", frisou.

Isabel Barbosa destaca a participação dos profissionais e voluntários dedicados a proporcionar "boas experiências aos doentes, o que realça a importância do papel das associações de doentes".

"Temos a certeza de que estamos a marcar positivamente a vida destes doentes, especialmente tendo em conta os mais recentes dados do relatório do Lymphoma Coalition, que mostram que quanto mais os doentes estiverem ativamente envolvidos e informados, mais e melhores são os resultados na melhoria da sua qualidade de vida e autogestão da sua doença", refere.

A partir deste mês, novas atividades passaram a estar disponíveis para os doentes, nomeadamente a visita a uma horta biológica, na qual podem identificar os alimentos e temperos que mais os podem beneficiar.

Em outubro, terá início a iniciativa "Roda de Conversa" que vai permitir juntar doentes e profissionais de saúde de várias áreas, como a psicologia, farmácia e oncologia, em sessões nas quais vão poder falar sobre a sua doença e receber informação útil para a acompanharem, encarando-a positivamente.

Para além desta sessão, a associação está também a trabalhar para proporcionar a literacia na saúde destes doentes e "se poder falar sobre as várias particularidades das doenças oncológicas do sangue e outras áreas que impactem a saúde e qualidade de vida, como os direitos dos doentes oncológicos e impacto das doenças malignas do sangue".

No sábado, no Pavilhão Centro Portugal, em Coimbra, vai decorrer o encontro anual da APLL, no qual vai ser feito o balanço do projeto "Viver +" e apresentados vários testemunhos de pessoas com doenças oncológicas do sangue.


Fonte: https://www.dn.pt/lusa/interior/reabilitacao-psicoemocional-para-uma-centena-de-pessoas-com-doencas-do-sangue-9920474.html
 

 



Anuncie Connosco Anuncie Connosco Stannah Mobilidade S.A Anuncie Connosco Anuncie Connosco


  •   Política de Privacidade   •   Regras   •   Fale Connosco   •  
       
Voltar ao topo