iacess

ergometrica

Ortopedia Moderna

Anuncie Aqui

mobilitec
Stannah Mobilidade S.A

Autopedico

Invacare

Anuncie Aqui

Anuncie Aqui
myservice

Tecnomobile

TotalMobility

Multihortos

Drive Mobility

Autor Tópico: Tudo relacionado com o Coronavírus  (Lida 54217 vezes)

0 Membros e 5 Visitantes estão a ver este tópico.

Offline pantanal

Re: Tudo relacionado com o Coronavírus
« Responder #105 em: 05/04/2020, 15:59 »
Covid-19: Portugal com 295 mortos e mais de 11.000 infetados

Portugal regista este domingo 295 mortes associadas à Covid-19, mais 29 do que no sábado, e 11.278 infetados (mais 754), segundo o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS).
Covid-19: Portugal com 295 mortos e mais de 11.000 infetados

© Global Imagens
Notícias ao Minuto

05/04/20 12:05 ‧ Há 3 Horas por Anabela Sousa Dantas

País Covid-19

O relatório da situação epidemiológica, com dados atualizados até às 24:00 de sábado, indica que Portugal registou nas últimas 24 horas mais 29 mortes relacionadas com a Covid-19, cifrando-se o número total em 295. São ainda contabilizados 11.278 casos confirmados, mais 754, um aumento de 7,2% face a sábado.

Desde o dia 1 de janeiro, registaram-se 86.370 casos suspeitos, dos quais 4.962 aguardam resultado das análises. Há ainda 23.208 pessoas que estão em contacto de vigilância pelas autoridades de Saúde.

O boletim epidemiológico indica também que o número de doentes recuperados se mantém nos 75, depois de, no sábado, ter registado uma subida (contavam-se 68 na sexta-feira).


Noticias ao minuto
 
Os seguintes membros Gostam desta publicação: casconha

Offline pantanal

Re: Tudo relacionado com o Coronavírus
« Responder #106 em: 05/04/2020, 16:02 »
Ventiladores doados chegaram a Lisboa com mensagem especial


"A epidemia vai desaparecer e amizade durar para sempre", pode ler-se numa das caixas de material médico doado à Câmara Municipal de Lisboa e que aterrou hoje na capital.
Ventiladores doados chegaram a Lisboa com mensagem especial

© Fernando Medina

05/04/20 15:42 ‧ Há 17 mins por Melissa Lopes


Um avião fretado pelo Estado português chegou hoje a Lisboa com 20 toneladas de equipamento médico proveniente de Pequim, incluindo ventiladores e máscaras de proteção respiratória, destinados ao Sistema Nacional de Saúde (SNS).

Na carga, estavam também incluídos "78 doados a Lisboa pela empresária e benemérita Sra Ming-Chu Hsu", dá conta Fernando Medina numa publicação no Facebook, sublinhando  tratar-se de um "contributo essencial para apoiar a vida dos mais atingidos pela doença e para o trabalho dos nossos profissionais de saúde".

Nas imagens da galeria acima, partilhadas pelo presidente da Câmara Municipal de Lisboa, pode ver-se o material. Numa das caixas, uma mensagem especial da empresária que doou os ventiladores, escrita em inglês: "Here, where the land ends and the sea begins; The epidemic will fade way; The friendship shall last forever [Aqui, onde a terra acaba e começa o mar; a epidemia vai desaparecer, a amizade vai durar para sempre]".


Notícias ao Minuto
 
Os seguintes membros Gostam desta publicação: casconha

Offline pantanal

Re: Tudo relacionado com o Coronavírus
« Responder #107 em: 05/04/2020, 16:04 »
Governo contrata 500 enfermeiros para reforçar combate à pandemia


O Ministério da Saúde contratou meio milhar de enfermeiros para reforçar o combate da pandemia no Serviço Nacional de Saúde, esclareceu hoje a tutela, respondendo assim às exigências do Sindicato de Todos os Enfermeiros Unidos.
Governo contrata 500 enfermeiros para reforçar combate à pandemia

© Lusa
Notícias ao Minuto

05/04/20 15:21 ‧ Há 39 mins por Lusa

um comunicado enviado à agência Lusa, o Ministério da Saúde esclareceu que, entre 13 de março e a última sexta-feira, "iniciaram funções, nas diversas unidades de saúde, em regime de contrato de trabalho, cerca de 500 enfermeiros".

"O Governo autorizou a contratação, pelas instituições do Ministério da Saúde, dos profissionais de saúde necessários à resposta do sistema para efeitos da prevenção, controlo e tratamento da infeção por novo coronavírus", acrescentou a tutela.

Os contratos de trabalho, acrescentou, foram celebrados "a termo resolutivo certo por um período de quatro meses" e "podem ser eventualmente renovados".

O Sindicato de Todos os Enfermeiros Unidos (SITEU) exigiu hoje que o Governo contrate "imediatamente" enfermeiros para reforçar o Serviço Nacional de Saúde (SNS), denunciando situações "insustentáveis" que "já são crónicas", mas "agravaram-se" devido à pandemia covid-19.

"O défice de enfermeiros no SNS é crónico e denunciado há muitos anos, mas o enorme afluxo de doentes nas últimas semanas está a tornar a situação impossível. Os enfermeiros estão a trabalhar horas intermináveis sem folgas, sem condições de proteção mínimas, expostos ao contágio. E a situação ainda vai piorar mais com a subida esperada de casos nas próximas semanas", refere a presidente do SITEU, Gorete Pimentel, citada num comunicado enviado à agência Lusa.

De acordo com o SITEU, o Governo está a oferecer para a entrada de novos enfermeiros, com contratos de quatro meses, 6,42 euros por hora, e os concursos lançados "estão a ficar desertos".

"Quem quererá ir para o olho do furacão nestas condições, sem treino e sem equipamento de proteção? Numa altura em que não sabemos quando atingiremos o pico [da pandemia], quanto mais regressar à normalidade?", pergunta a direção do sindicato.

O Ministério da Saúde respondeu que "7,42 [euros] é o valor base/hora do enfermeiro em início de carreira, a que acresce eventuais suplementos que sejam devidos".

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 1,2 milhões de pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 65 mil.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

Em Portugal, segundo o balanço feito hoje pela Direção-Geral da Saúde, registaram-se 295 mortes, mais 29 do que na véspera (+11%), e 11.278 casos de infeções confirmadas, o que representa um aumento de 754 em relação a sexta-feira (+7,2%).


Noticias ao minuto
 
Os seguintes membros Gostam desta publicação: casconha

Offline pantanal

Re: Tudo relacionado com o Coronavírus
« Responder #108 em: 05/04/2020, 16:06 »
"O meu coração parte-se sempre que olho para um paciente e vejo o medo"
Numa arrepiante publicação no Facebook, Jake Savoie, enfermeiro no Reino Unido, descreve os momentos vividos por pacientes infetados pela Covid-19 em internamento.
"O meu coração parte-se sempre que olho para um paciente e vejo o medo"

© Reuters
Notícias ao Minuto

05/04/20 14:50 ‧ Há 1 Hora

Com o Reino Unido a viver dias difíceis com a multiplicação de casos de contágio por novo coronavírus e com as mortes a este facto associadas, os relatos que nos chegam de Inglaterra são verdadeiramente arrepiantes.

Este domingo, o jornal Mirror lembra a publicação de um enfermeiro dos cuidados intensivos e o seu relato de como é vivido pelos pacientes um dos momentos mais complicados da luta contra esta doença.

A publicação é de Jake Savoie, que lembra o medo nos olhos dos seus pacientes como uma das coisas mais dolorosas com que tem de lidar, mas que diz que a situação mais complexa de gerir emocionalmente é quando diz aos seus doentes que terão de ser entubados.

Numa publicação de revolta, Jake diz não perceber como é que a pandemia pode estar a ser desvalorizada por tantas pessoas.

"Disse a mim mesmo que não iria fazer uma publicação deste tipo, mas não posso ficar calado depois das longas noites que tive de trabalhar. A quantidade de pessoas que ainda não tomam precauções por causa desta doença é desconcertante, por isso vou tentar ser o mais real possível", começa por escrever este enfermeiro.

"Nas semanas antes de o vírus chegar à nossa área, li imensos artigos e publicações virais alarmando-me para o que fisicamente iria sofrer por ser um enfermeiro dos cuidados intensivos. Preparei-me mentalmente para as camadas e camadas de equipamento protetor que teria de usar, para o profuso transpirar que iria ter de suportar, etc... mas não estava preparado para as intensas emoções que estou a experimentar", continua.

"O equipamento que vêem nas minhas fotografias é apenas um 'retrato' do que um paciente suspeito/positivo de Covid vê a todas as horas do dia e da noite quando qualquer pessoa precisa de entrar no seu quarto (onde passa todas as horas sozinho). Estes pacientes não têm qualquer interação humana normal desde o momento em que entram no hospital até ao momento é que são declarados negativos, até que o vírus sai do seu organismo, ou até que, infelizmente, respiram pela última vez", acrescenta.

"O meu coração parte-se mais e mais sempre que tenho de entrar no quarto de um doente e vejo o medo nos seus olhos. Por isso, pensem na próxima vez que estiverem cansados de a vossa única interação humana ser através de FaceTime ou com aqueles que vivem convosco", afirma Jake


por Notícias Ao Minuto
 
Os seguintes membros Gostam desta publicação: casconha

Online migel

Re: Tudo relacionado com o Coronavírus
« Responder #109 em: 07/04/2020, 12:18 »
Covid-19: Idoso infetado estava em lar ilegal em Vila Nova da Barquinha

Um idoso de um lar em Vila Nova da Barquinha (Santarém), espaço que se descobriu estar em situação ilegal, acusou positivo à covid-19, estando neste momento hospitalizado e os demais utentes confinados no local, informou hoje a autoridade de saúde.
Covid-19: Idoso infetado estava em lar ilegal em Vila Nova da Barquinha


© Shutter Stock

Notícias ao Minuto
06/04/20 22:53 ‧ HÁ 13 HORAS POR LUSA

PAÍS PANDEMIA


"É um local de acolhimento que devia ter três pessoas, mas que tinha nove [utentes] e, efetivamente, uma das pessoas foi diagnosticada com covid positivo", disse à Lusa a delegada de Saúde Pública do Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) do Médio Tejo, Maria dos Anjos Esperança.

O utente daquele espaço, na freguesia de Atalaia, um idoso acamado, "já não está no lar e a Autoridade de Saúde já tomou as medidas necessárias e articulou com a autarquia e a Segurança Social, e as pessoas estão a ser devidamente acompanhadas", afirmou Maria dos Anjos Esperança.

Contactado pela Lusa, o presidente do município de Vila Nova da Barquinha, Fernando Freire, adiantou que "o doente encontra-se já hospitalizado e os outros oito utentes daquele espaço clandestino vão ser sujeitos a testes na terça-feira", testes que serão "extensíveis aos funcionários que fazem o acompanhamento habitual" a estes idosos.

"O lar onde estavam os nove idosos não estava licenciado pela Segurança Social e estava a laborar, pelo que se encontra ilegal", declarou Fernando Freire, esclarecendo que o diagnóstico positivo ao idoso "foi apurado em estabelecimento hospitalar", estando o utente infetado hospitalizado e os outros oito idosos "confinados naquele local, até fazerem os testes de diagnóstico na terça-feira".

Para o autarca, as principais preocupações relativas a esta situação, "além da ilegalidade", é a de "representar um perigo para a saúde e a segurança dos seus utentes", uma vez que "o lar não possui alvará e não têm acordos com a Segurança Social", logo "as condições de ajudas técnicas, saúde, ajudas sociais e de conforto serão muito primárias".

"Segundo informação médica, [o lar] irá permanecer aberto até à conclusão definitiva dos testes, mas em isolamento social, sem prejuízo das medidas a implementar pelas autoridades competentes", acrescentou Fernando Freire.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 1,3 milhões de pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 73 mil.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde a declarar uma situação de pandemia.

O continente europeu, com cerca de 696 mil infetados e

Em Portugal, segundo o balanço feito hoje pela Direção-Geral da Saúde, registaram-se 311 mortes, mais 16 do que na véspera (+5,4%), e 11.730 casos de infeções confirmadas, o que representa um aumento de 452 em relação a domingo (+4%).

Dos infetados, 1.099 estão internados, 270 dos quais em unidades de cuidados intensivos, e há 140 doentes que já recuperaram.


Noticias ao minuto
 

Online rui sopas

Re: Tudo relacionado com o Coronavírus
« Responder #110 em: 08/04/2020, 18:55 »
Pessoas com deficiência devem redobrar higienização das mãos
Ler em braille e empurrar cadeiras de rodas virou mais uma enorme preocupação para cegos e cadeirantes


Cláudio Py e Pedro Marra
redacao@grupojbr.com

Se prevenir contra o novo coronavírus tem requisitado uma atenção maior para as pessoas com deficiência. Nessa hora, exagerar na higiene é muito bem-vindo. É o que afirma a secretária da Pessoa com Deficiência do DF, Rosinha Estrela, que analisa a necessidade do tato para os cegos.

“O cego tem a questão do reconhecimento através do tato. Então para reconhecer objetos como um garfo, ele precisa do toque das mãos. Isso deixa uma possibilidade de contato um pouco maior. Então ele tem que dar muita atenção à limpeza das mãos”, esclarece a secretária.

Para driblar os hábitos de tocar nas pessoas e objetos durante o dia a dia, Rosinha orienta os deficientes a usarem outra forma de contato. “Os cegos conseguem se comunicar com a voz. Então é tentar usar mais a comunicação verbal, evitar tocar nos objetos sempre que possível, o que claro que é difícil para eles. Também evitar ao máximo sair de casa, e ver com o empregador se é melhor ficar um período em casa”, pondera.

Sobre a presença de cegos no ambiente de trabalho, Rosinha sugere que ser feito de casa. “A gente tem feito isso pontualmente. Porque a maioria das pessoas servidoras ou prestadoras de serviço ou órgão de governo já foram dispensadas. As poucas pessoas que ainda estão trabalhando, são da parte administrativa do sistema de saúde, por exemplo, que está na linha de frente desse combate”, explica.


foto : Luis Macedo/Câmara dos Deputados

“A gente tem tentado pontualmente ver a possibilidade que essas pessoas sejam dispensadas ou colocadas em teletrabalho. Chegaram dois casos para a gente, e vamos argumentar para saber o que a Secretaria de Saúde pensa. A gente precisa ter cuidado para não generalizar e não colocar as pessoas com deficiência um público mais diferenciado do que já é. É um direito, mas não um privilégio”, declara a secretária.



Fonte: https://jornaldebrasilia.com.br/cidades/pessoas-com-deficiencia-devem-redobrar-higienizacao-das-maos/
 

Offline Oribii

Re: Tudo relacionado com o Coronavírus
« Responder #111 em: 08/04/2020, 19:02 »
Covid-19. Governo "vê com bons olhos" algumas propostas do BE e do PCP

O secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares disse hoje no parlamento que o Governo "vê com bons olhos" algumas das propostas do BE e do PCP sobre as medidas para enfrentar a crise relacionada com a covid-19.
Covid-19. Governo "vê com bons olhos" algumas propostas do BE e do PCP


© Global Imagens

Notícias ao Minuto
08/04/20 18:44 ‧ HÁ 15 MINS POR LUSA

"O Governo vê com bons olhos algumas das matérias que foram apresentadas", disse Duarte Cordeiro durante o plenário da Assembleia da República que decorre esta tarde e em que estão a ser discutidas e votadas mais de 100 iniciativas dos vários partidos relacionados com a pandemia do novo coronavírus.

O governante referiu a proposta do Bloco de Esquerda que clarifica "quem é que é abrangido pela moratória dos créditos bancários" bem como o "dever de informação", e a do PCP sobre o alargamento das refeições escolares ao escalão B e a possibilidade de os filhos dos trabalhadores das IPSSS "poderem recorrer às escolas".

O Governo "não baixou a guarda na defesa da economia nacional", disse Duarte Cordeiro sublinhando que a legislação para enfrentar a crise tem sido "dinâmica" e que o executivo acompanha "em permanência" o impacto das medidas que vão sendo aprovadas.

O secretário de Estado agradeceu ainda ao parlamento por ter permitido ao Governo agendar e aprovar "com rapidez" as suas propostas relacionadas com a pandemia covid-19 e também os "contributos dos vários partidos".

"Não fechamos porta às melhorias que forem sendo necessárias", disse.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 1,4 milhões de pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 82 mil.

Em Portugal, segundo o balanço feito hoje pela Direção-Geral da Saúde, registaram-se 380 mortes, mais 35 do que na véspera (+10,1%), e 13.141 casos de infeções confirmadas, o que representa um aumento de 699 em relação a terça-feira (+5,6%).

Dos infetados, 1.211 estão internados, 245 dos quais em unidades de cuidados intensivos, e há 196 doentes que já recuperaram.

Portugal, onde os primeiros casos confirmados foram registados no dia 02 de março, encontra-se em estado de emergência desde as 00:00 de 19 de março e até ao final do dia 17 de abril, depois do prolongamento aprovado na quinta-feira na Assembleia da República.

Além disso, o Governo declarou no dia 17 de março o estado de calamidade pública para o concelho de Ovar.



Direitos: Notícias ao Minuto
 

Offline Oribii

Re: Tudo relacionado com o Coronavírus
« Responder #112 em: 09/04/2020, 11:31 »
Covid-19. Mapa revela qual o risco de ser infetado no seu concelho

Ferramenta foi criada por quatro investigadores do CERENA. É atualizada com dados da DGS.
Covid-19. Mapa revela qual o risco de ser infetado no seu concelho


Notícias ao Minuto
09/04/20 11:10 ‧ HÁ 14 MINS POR NOTÍCIAS AO MINUTO

PAÍS DGS

Agora já pode saber qual é o risco de infeção pelo novo coronavírus na sua cidade ou concelho. Quatro investigadores do Centro de Recursos Naturais e Ambiente (CERENA), que pertence ao Instituto Superior Técnico, criaram um mapa que lhe mostra qual a probabilidade através de um código de cores. Pode visualizá-lo aqui.

Esta ferramenta é atualizada diariamente com dados oficiais, divulgados pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

"Os mapas de risco mostrados podem ser usados pelas autoridades de saúde pública para identificarem áreas de risco locais relacionadas às taxas diárias de infeção - o número diário de infecções por 10.000 habitantes por município - e para orientar as atividades de vigilância e controlo", é ainda explicitado na página em que pode consultá-los.

Uma análise do mapa, leva a perceber que o maior risco de ser contagiado ocorre no Norte de Portugal, sendo que esta é também a região que apresenta maior número de casos confirmados pela DGS desde o início da pandemia no nosso país.

De lembrar que, esta quarta-feira, a autoridade da Saúde deu conta da existência de 380 vítimas mortais em Portugal, um aumento de 35 mortos face a terça-feira, o equivale a uma variação de 10,1%. Há ainda a registar 13.141 infetados, o que traduz um aumento de 699 casos em 24 horas (+ 5,6%).


Direitos: Notícias ao Minuto
 

Offline Oribii

Re: Tudo relacionado com o Coronavírus
« Responder #113 em: 09/04/2020, 11:33 »
Idoso com Covid-19 estava em lar ilegal na Barquinha

Local de acolhimento devia ter três pessoas mas tinha nove utentes e uma das pessoas foi diagnosticada com Covid positivo.
Um idoso de um lar em Vila Nova da Barquinha, espaço que se descobriu estar em situação ilegal, acusou positivo à Covid-19, estando neste momento hospitalizado e os demais utentes confinados no local, informou esta terça-feira, 7 de Abril, a autoridade de saúde.

"É um local de acolhimento que devia ter três pessoas, mas que tinha nove [utentes] e uma das pessoas foi diagnosticada com Covid positivo", disse a delegada de Saúde Pública do Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) do Médio Tejo, Maria dos Anjos Esperança.

O utente daquele espaço, na freguesia de Atalaia, um idoso acamado, "já não está no lar e a Autoridade de Saúde já tomou as medidas necessárias e articulou com a autarquia e a Segurança Social, e as pessoas estão a ser devidamente acompanhadas", afirmou Maria dos Anjos Esperança.

Para o autarca, as principais preocupações relativas a esta situação, "além da ilegalidade", é a de "representar um perigo para a saúde e a segurança dos seus utentes”, uma vez que “o lar não possui alvará e não têm acordos com a Segurança Social”, logo “as condições de ajudas técnicas, saúde, ajudas sociais e de conforto serão muito primárias".


Fonte: O MIrante
 

Offline Oribii

Re: Tudo relacionado com o Coronavírus
« Responder #114 em: 09/04/2020, 11:36 »
Obesidade pode ser a 'melhor amiga' da Covid-19. Fator facilita contágio

Entenda como a obesidade pode prejudicar combate ao novo coronavírus e facilitar contágio.


© Shutterstock

Notícias ao Minuto
09/04/20 11:04 ‧ HÁ 30 MINS POR LILIANA LOPES MONTEIRO 


Os idosos não são o único grupo mais suscetível a adoecer com Covid-19. Segundo uma reportagem divulgada na BBC News, pessoas com pelo menos um fator de risco associado, as chamadas comorbidades ou doenças crónicas, também integram o grupo de risco.


Entre as doenças crónicas que mais afetam indivíduos em todo o mundo infetados com o Sars-coV-2 estão a hipertensão, doenças cardiovasculares, diabetes e patologias vasculares cerebrais, sugerem vários estudos recentes realizados na China.

Como tal, os especialistas alertam que a obesidade - uma diretamente associada a essas doenças - pode facilmente tornar-se um elemento agravante para quem contrai o coronavírus.

Leia Também: Afinal, qual é o risco de morrer vítima do novo coronavírus?

"Definitivamente, é preocupante que pacientes com obesidade apresentem maior risco de complicações por infecções de Covid-19", afirma Salim Virani, professor na Baylor School of Medicine em Houston, nos Estados Unidos, à BBC News Mundo.

A obesidade, por si só, causa um estado de inflamação crónica no corpo. Isso afeta o funcionamento das células e das suas superfícies, que interrompem a sua função natural de barreira protetora e facilitam o ataque de vírus como o coronavírus.

Também tem efeitos negativos no sistema imunológico, como a diminuição da produção de proteínas vitais para defender o corpo contra possíveis infecções.

Como explica o cirurgião bariátrico mexicano José Antonio Castañeda, o Sars-coV-2 entra no corpo aderindo à enzima conversora da angiotensina, localizada principalmente nos pulmões, rins e vasos sanguíneos.

O nível dessa enzima é aumentado em pacientes com diabetes, o que facilita a entrada e a infecção do novo coronavírus nesses indivíduos.

Virani, membro do Colégio Americano de Cardiologia, lembra ainda que quem sofre de obesidade severa pode ter os pulmões afetados para respirar normalmente, ou mesmo sofrer de apneia do sono e problemas de oxigenação.

Mark Lazarovich, especialista em imunologia do Centro Médico da Universidade de Vermont, nos EUA, destaca que alguns estudos sobre os efeitos da obesidade na gripe sugerem que esse fator de risco pode prolongar o tempo que os vírus permanecem no corpo humano.

"Isso potencialmente aumenta o tempo que eles espalhar a doença para outras pessoas e também prolonga o tempo de internamento dos casos mais graves nos hospitais", diz à BBC News Mundo, acrescentando que a mesma lógica poderia ser aplicada ao novo coronavírus.

Castañeda, que trata pacientes obesos nos últimos 15 anos, destaca que, além de estarem no grupo dos mais vulneráveis à infecção, há ainda "o problema do quão difícil são de tratar depois de adquirir o vírus".

"São pacientes que podem passar dias ou meses a tentar combater a infecção", conta.

A obesidade geralmente está por trás de muitas das condições pré-existentes que foram definidas como de alto risco para a possível disseminação do novo coronavírus.

Assim, é um fator de risco conhecido para o desenvolvimento de hipertensão e doenças cardiovasculares. Ao mesmo tempo, alguns estudos sugerem que pessoas obesas têm três vezes mais risco de ter diabetes.


Noticias ao minuto
 

Online migel

Re: Tudo relacionado com o Coronavírus
« Responder #115 em: 10/04/2020, 12:05 »
Paciente positiva para Covid-19 recebe alta sob aplausos da equipe de hospital: 'São uns heróis'

Vídeo mostra momento emocionante em que paciente de Botucatu (SP) passa de cadeira de rodas por um corredor formado por médicos e enfermeiros.
Por G1 Bauru e Marília*

08/04/2020 09h06  Atualizado há um dia

Paciente positiva para Covid-19 recebe alta sob aplausos da equipe de hospital em Botucatu — Foto: Prefeitura de Botucatu/DivulgaçãoPaciente positiva para Covid-19 recebe alta sob aplausos da equipe de hospital em Botucatu — Foto: Prefeitura de Botucatu/Divulgação


Uma paciente que testou positivo para Covid-19 e estava internada em um hospital de Botucatu (SP) recebeu alta sob os aplausos da equipe de saúde da unidade. Em um vídeo emocionante, a comerciante Denise Lopes, de 51 anos, agradece o empenho dos profissionais que cuidaram dela.

Confira a cobertura AO VIVO da pandemia de coronavírus na região
Denise estava internada desde o dia 23 de março na enfermaria de um hospital particular do município e recebeu alta na terça-feira (7). Ela foi a primeira paciente a testar positivo para o coronavírus no hospital.

Denise apresentou sintomas como dor de cabeça e fraqueza e ficou o tempo todo recebendo os cuidados em um dos quartos do hospital, sem a necessidade de transferência para UTI.

Nas imagens, a paciente chega de cadeira de rodas e passa em meio a um corredor formado pelos médicos e enfermeiros. (Veja abaixo)

Paciente positiva para Covid-19 recebe alta sob aplausos da equipe de hospital em Botucatu


Todos aplaudem a cena e paciente se emociona. Ao chegar no final do corredor, ela deixa uma mensagem de agradecimento às pessoas que a ajudaram no tratamento da doença.


Veja mais aqui: https://g1.globo.com/sp/bauru-marilia/noticia/2020/04/08/paciente-positiva-para-covid-19-recebe-alta-sob-aplausos-da-equipe-de-hospital-sao-uns-herois-agradece.ghtml
 

Online migel

Re: Tudo relacionado com o Coronavírus
« Responder #116 em: 10/04/2020, 15:53 »
Albufeira é único concelho no Algarve em que vírus circula na comunidade

O concelho de Albufeira, onde há 56 casos de doentes infetados com covid-19, é para já o único no Algarve em que a transmissão do novo coronavírus pode estar a circular na comunidade, segundo a delegada regional de Saúde.
Albufeira é único concelho no Algarve em que vírus circula na comunidade


© Shutterstock

Notícias ao Minuto
10/04/20 14:33 ‧ HÁ 1 HORA POR LUSA

PAÍS COVID-19


"Desde há umas duas semanas para cá que nós achamos que este concelho é aquele em que a transmissão do vírus pode circular na comunidade. Enquanto nos outros concelhos nós vamos sempre encontrando uma história, um 'link' epidemiológico, em Albufeira já temos bastantes casos em que não conseguimos encontrar essa ligação", afirmou hoje Ana Cristina Guerreiro.


Em conferência de imprensa, realizada no posto de comando distrital da Proteção Civil, em Loulé, a responsável referiu que Albufeira é o concelho do Algarve em que se registam mais casos de doentes com covid-19.

Tratando-se de um concelho pequeno, mas com grande concentração populacional, a delegada de Saúde apelou a que as pessoas se mantenham em casa e restrinjam os contactos sociais, medidas que considerou "fundamentais para conseguir conter a situação".

As autoridades, reconheceu, chegaram a equacionar a criação de um cordão sanitário em Albufeira, no entanto, concluíram que não seria necessário "uma medida tão drástica".

"Nos últimos dias, os casos novos [em Albufeira] têm tido um crescimento sustentado e não dispararam", afirmou, sublinhando que "as medidas têm de ser correspondentes à gravidade" da situação e que as autoridades se mantêm atentas.

Neste momento, uma das maiores preocupações das autoridades de saúde regionais é conter possíveis focos de disseminação da doença em lares de idosos e nas comunidades agrícolas, que são os locais onde, no Algarve, têm surgido em simultâneo mais casos.

Na semana passada, foi detetada a existência de 21 casos num lar de idosos em Boliqueime, número que entretanto, segundo Ana Cristina Guerreiro, subiu para 23, mas os testes que têm vindo a ser realizados noutras instituições não revelaram qualquer caso positivo.

Ao abrigo da campanha de rastreio nos lares de idosos da região já foram testados utentes e funcionários de 13 estabelecimentos, em sete concelhos: Albufeira, Alcoutim, Faro, Loulé, Olhão, Portimão e Vila Real de Santo António.

No que respeita ao número de migrantes, na sua maioria de origem asiática, que se deslocaram para comunidades rurais do Algarve "em grande número" por esta época coincidir com o início da colheita de frutos, foram detetados casos positivos em grupos dos concelhos de Tavira, Silves e Albufeira.

Os migrantes, referiu, são "um grupo particular", por vários motivos, desde logo devido à dificuldade na comunicação, o que leva a que possam não estar tão bem informados como os portugueses.

Nesse sentido, as autoridades "estão muito alerta" ao surgimento de focos nestas comunidades rurais e a desenvolver esforços para melhorar a comunicação, nomeadamente com a criação de informação "nas línguas que [os migrantes] percebem melhor".

De acordo com Ana Cristina Guerreiro, em Tavira há "um grupo de cerca de 20" trabalhadores rurais infetados e em Silves há registo de seis.

Sem avançar com dados sobre o número de migrantes infetados em Albufeira, a responsável disse apenas que a "situação é diferente" dos outros concelhos, pois há uma "história de contacto com doentes".

O presidente da Administração Regional de Saúde (ARS) do Algarve, Paulo Morgado, classificou esta última semana como uma semana "de estabilidade", em que o aumento do número de casos no Algarve, em termos médios, "foi inferior a 5%".

Nas áreas dedicadas à covid-19 nos centros de saúde do Algarve, onde são acompanhados os casos mais ligeiros, o número de atendimentos diários "nunca supera" os 20 e, em algumas áreas, "nem supera os 10", concluiu.

Portugal regista 435 mortos associados à covid-19 e 15.472 infetados, indica o boletim epidemiológico de hoje divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS).


Noticias ao minuto
 

Offline Raposa

Re: Tudo relacionado com o Coronavírus
« Responder #117 em: 10/04/2020, 18:23 »
Câmara do Porto vai alargar programa de rastreios a sem-abrigo e pessoas com deficiência


Por Sofia Frias 12:35 - 7 Abril, 2020 640
 
O programa de testes a todos os lares de idosos no município do Porto vai ser estendido. O anúncio foi feito esta segunda-feira pela autarquia.
560 pessoas viviam em situação de sem-abrigo, em novembro de 2019, na cidade do Porto. FOTO: PIXABAY | BEN_KERCKX
O programa de testes à COVID-19 lançado pela Câmara Municipal do Porto (CMP) em todos os lares de idosos deste município foi agora estendido aos albergues e centro de acolhimento de pessoas sem-abrigo. Os lares residenciais que acolhem pessoas com deficiência passam a ser também abrangidos. Fernando Paulo, vereador da Habitação e Coesão Social, anunciou a decisão na segunda-feira (06) na reunião de Executivo, que foi realizada, mais uma vez, à porta fechada. 

A iniciativa abrange ainda os funcionários das instituições abrangidas. Tal já acontecia no programa de rastreio aos lares de idosos. A iniciativa lançada pela CMP a 26 de março conta com o apoio do Hospital de São João, dos centros de saúde, dos bombeiros municipais e ainda do Exército Português, e já conseguiu, de acordo com a autarquia, testar cerca de 1400 pessoas, de 21 instituições.

A “mega operação de rastreio” da Câmara do Porto garante que, caso o teste dê positivo, as pessoas em situação de sem-abrigo e os cidadãos com deficiência não são abandonados – os infetados podem ser transferidos para a Pousada da Juventude ou ainda para o Seminário de Vilar.

Ainda a pensar nesta população, no antigo Hospital Joaquim Urbano, no Bonfim, foi também montado um Centro de Emergência com 40 camas para que os sem-abrigo se possam recolher. É no Centro de Acolhimento Temporário Joaquim Urbano que se concentram também, atualmente, os restaurantes solidários do Porto, revelou a CMP. 


Fonte: https://jpn.up.pt/2020/04/07/camara-do-porto-vai-alargar-programa-de-rastreios-a-sem-abrigo-e-pessoas-com-deficiencia/?fbclid=IwAR1wCZCO4oVBxRZjWdjNVdrNtTvHb1C55gTGTT0vZ_hD6xoL20ZQykcQDA0

 

Offline 100nick

Re: Tudo relacionado com o Coronavírus
« Responder #118 em: 11/04/2020, 09:25 »
Covid-19: Realizados mais de 150 mil testes de diagnóstico em Portugal desde 1 de março
MadreMedia / Lusa
10 abr 2020 23:20

De 1 de março até hoje, foram feitos em Portugal 151.113 testes de diagnóstico da doença covid-19, dos quais 17.083 (11,3%) foram positivos, revelou o Ministério da Saúde.
Covid-19: Realizados mais de 150 mil testes de diagnóstico em Portugal desde 1 de março


Em comunicado divulgado hoje, o Ministério da Saúde explica que no domingo terá disponíveis cerca de 900 mil testes, "que serão de imediato" distribuídos pelas administrações regionais de saúde e Regiões Autónomas, "de acordo com as necessidades identificadas".

Desde 1 de abril, o ministério revela que têm sido feitos, em média, 8.900 testes diários de diagnóstico do novo coronavírus.
Notificações
Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Do total dos 151.113 testes já realizados, embora a tutela de Marta Temido refira a existência de 17.083 que deram positivo à doença, o balanço mais recente da Direção-Geral da Saúde (DGS), feito hoje ao início da tarde - remetendo para dados do dia anterior -, dá conta de 15.472 casos de infeção confirmados.

Em Portugal, segundo o balanço feito hoje pela DGS, registaram-se 435 mortos, mais 29 do que na véspera.

O país, com os primeiros casos confirmados foram registados no dia 2 de março, encontra-se em estado de emergência desde de 19 de março e até ao final do dia 17 de abril.


Sapo 24
 

Offline hugo rocha

Re: Tudo relacionado com o Coronavírus
« Responder #119 em: 11/04/2020, 12:29 »
Covid-19: Há dois países europeus que 'invejam' os números de Portugal

Bélgica e Holanda, dois países com dimensões territoriais bem inferiores às de Portugal, somam já números dramáticos quer em número de infetados, como de óbitos, por Covid-19.


© Global Imagens

Notícias ao Minuto
11/04/20 10:21 ‧ HÁ 1 HORA POR RICARDO SANTOS FERNANDES

PAÍS COVID-19


De acordo com os últimos números divulgados pela Direção Geral de Saúde (DGS), Portugal contabiliza até ao momento 15.472 infetados e 435 vítimas mortais, devido ao surto do novo coronavírus.


Segundo vários especialistas em Epidemiologia, o nosso país já terá estabilizado a curva e até pode já estar em planalto, sendo que num período equivalente de evolução da propagação da pandemia em cada país, após a deteção em cada território do primeiro caso de transmissão local do vírus SARS-CoV-2, Portugal registou um menor aumento diário de casos de infeção do que países como China, Coreia do Sul, Itália, Espanha, Alemanha, França e Estados Unidos.

Porém, às vezes, torna-se difícil, e desajustado, comparar a situação de um país, neste caso Portugal, em que a população ronda os 10,5 milhões de habitantes, com outros que têm uma densidade populacional cinco vezes superior.

Todavia, e para uma equiparação mais 'justa', podemos avaliar a situação nacional com as que estão ser vividas na Bélgica e na Holanda.

A Bélgica, território com pouco mais de 30 mil Km2 (tamanho inferior à região do Alentejo) e uma população de 11, 5 milhões de habitantes, é o sexto país do mundo com mais óbitos registados até ao momento, 3.019, sendo que o número de casos de infeção por Covid-19 ascende a 26 mil (26.667). Diferença para Portugal? Mais 2.584 óbitos e 11.195 infetados.

No país ao lado, a Holanda, a situação não é menos dramática. Neste território, com pouco mais de 41 mil Km2 (menos de metade do que Portugal) e uma densidade populacional de 17,2 milhões de habitantes, o número de casos positivos suplanta a barreira dos 23 mil (23.097) e dos 2.500 óbitos (2.511). Diferença para Portugal? Mais 2.076 mortes e 7.625 casos positivos.


Noticias ao minuto
 

 



Anuncie Connosco Anuncie Connosco Stannah Mobilidade S.A Anuncie Connosco Anuncie Connosco


  •   Política de Privacidade   •   Regras   •   Fale Connosco   •  
       
Voltar ao topo